Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Coleções especiais

Acervo “Ramos de Azevedo”

O acervo é composto por 491 obras que pertenceram à biblioteca pessoal do engenheiro Francisco de Paula Ramos de Azevedo. Formado na Bélgica, Ramos de Azevedo fundou a então Escola Polytechnica de São Paulo, em 1893, juntamente com Antonio Francisco de Paula Souza.

Ramos de Azevedo foi docente da cadeira de Construções Civis e Higiene das Construções, vice-diretor e diretor da Escola Politécnica, dedicando-se à carreira acadêmica e de homem público. Projetou construções admiradas até hoje, como o Teatro Municipal de São Paulo e o edifício dos Correios e Telégrafos.

O acervo doado por Ramos de Azevedo é composto, basicamente, por obras relacionadas à disciplina que ministrou na Poli. Sua coleção encontra-se na Biblioteca Central e suas obras estão identificadas com a sigla BRA.

 

Acervo “Décio Leal de Zagotis”

Composto por obras de Engenharia, Matemática, Física, Filosofia da Ciência, Educação, Economia, Arquitetura, Música e biografias, o acervo revela a personalidade multifacetada do colecionador Décio Leal de Zagotis – um leitor ávido e um homem de reflexão com olhos no Brasil, no mundo e na humanidade.

Seu acervo foi doado pela família do professor à Escola Politécnica em 2001. Está localizado na Biblioteca de Engenharia Civil “Prof. Telemaco van Langendonck” e as obras estão identificadas com a sigla ADLZ.

 

Acervo “Victor de Mello”

O professor Victor Froilano Bachmann de Mello, personalidade reconhecida internacionalmente nas áreas de Fundações, Solos e Barragens, manifestou em vida a vontade de doar sua biblioteca particular para a Escola Politécnica, o que ocorreu em 2008. Com um acervo de mais de 1.500 obras e uma coleção de 193 títulos de periódicos, com alguns títulos mais completos que os existentes na própria USP, o acervo agregou valor inestimável à Divisão de Bibliotecas da Poli, assim como à própria USP. A coleção está localizada na Biblioteca de Engenharia Civil “Prof. Telemaco van Langendonck” e as obras estão identificadas com a sigla AVM.

 

“Memória da Poli”

O acervo histórico da Escola Politécnica reúne obras escritas por docentes, notas de aula, publicações do Instituto de Pesquisa Tecnológicas (IPT), quando da sua formação; anuários e relatórios da Escola a partir de 1893, obras editadas pela Poli, coleção da Revista Politécnica, álbuns de fotos, notícias sobre o Grêmio Politécnico, etc. Está localizado na Biblioteca Central e as obras estão identificadas com a sigla HP.