Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte


Poli-USP divulga nomes dos representantes dos ex-alunos eleitos para Congragação

Na última sexta-feira, dia 27 de abril, foi realizada a eleição para representantes dos ex-alunos na Congregação da Escola Politécnica da USP. O representante eleito foi o engenheiro João Ernesto Figueiredo, e o suplente, o engenheiro Gustavo Penhalves Anzai. A eleição foi realizada pelo método convencional, presencialmente, no Serviço de Órgãos Colegiados e Concursos. 
 

Poli-USP realiza curso de difusão sobre Bibliometria em julho de 2018

No dia 23 de julho de 2018, das 8h às 17h, o Departamento de Engenharia de Produção da Poli-USP realiza o curso de difusão “Bibliometria: Teoria e Prática”. Coordenado pela professora Marly Monteiro de Carvalho, o curso é ministrado pelos doutorandos Diego Honorato Clemente e Graziela Darla Araújo Galvão (PPGEP-USP) e voltado a estudantes de graduação e pós-graduação de quaisquer áreas do conhecimento que tenham interesse sobre o método bibliométrico.

A bibliometria tem sido uma técnica bastante difundida para realização da pesquisa acadêmica e com um grande potencial de publicação de seus resultados em periódicos de alto impacto. É útil na formação desde alunos de graduação, na fase de monografia, até mestrado e doutorado.

O objetivo do curso é difundir os conhecimentos sobre a aplicação do método bibliométrico, sendo utilizados em aula os softwares VosViewer e Ucinet. Além de uma introdução teórica sobre a bibliometria, o curso enfatiza a prática através das etapas para realizar uma análise bibliométrica: (i) processo de amostragem e busca nas bases científicas, (ii) extração de dados e arquivamento e (iii) análises descritivas e de redes sociais. Ao final do curso, o participante estará apto a realizar todas as etapas da bibliometria.

As inscrições para o curso ocorrem até o dia 16 de julho de 2018, de duas formas: online através do site www.vanzolini.org.br; presencialmente na Fundação Vanzolini, de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h (Endereços: Avenida Paulista, 967 - 3o andar - Bela Vista – SP; ou Avenida Professor Almeida Prado, 531 - Cidade Universitária – SP). Para o processo de seleção, são necessários o preenchimento da ficha de inscrição e a apresentação do Curriculum Vitae. Haverá uma análise curricular prévia para mensurar se o estudante está apto a realizar o curso, principalmente para alunos de graduação. O investimento é de R$ 370,00.

Última atualização em Sex, 27 de Abril de 2018 14:39
 

Escola Politécnica da USP elege comissões permanentes para gestão 2018-2020

A Congregação da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) escolheu, em sessão realizada no dia 26 de abril de 2018, os representantes das Comissões de Graduação, Pós-Graduação, Pesquisa e Cultura e Extensão, as comissões permanentes que compõem os órgãos administrativos da universidade, segundo o Artigo 44 do Estatuto da USP. O mandato começa no dia 30 de abril de 2018, e vai até 29 de abril de 2020. Serão divulgadas, em breve, entrevistas com os representantes das comissões, realizadas pela equipe de comunicação da Escola.

A chapa eleita para presidir a Comissão de Graduação é composta pelos professores Fábio Gagliardi Cozman, para presidente, e Antonio Carlos Seabra, para vice-presidente. O programa de gestão da chapa pode ser acessado no link. Cabe a esta comissão traçar diretrizes e zelar pela execução dos programas determinados pela estrutura curricular. Acesse aqui as propostas dos candidatos eleitos.

A Comissão de Pós-Graduação eleita é composta pelos professores Raúl González Lima, presidente, e Galo Antonio Carrillo Le Roux, vice-presidente. Cabe à esta comissão traçar as diretrizes e zelar pela execução dos programas de pós-graduação, bem como coordenar as atividades didático-científicas pertinentes, no âmbito da Unidade. O programa de gestão pode ser acessado aqui.

A Comissão de Pesquisa será composta pelos docentes Gilberto Francisco Martha de Souza, presidente, e Jaime Simão Sichman, vice-presidente. Compete a esta comissão traçar as diretrizes, fomentar e zelar pela execução dos programas de pesquisa, propor normas para ordenação de atividades de pesquisa de interesse geral para a Escola Politécnica, entre outras descritas no regimento da unidade. O programa de gestão da Comissão de Pesquisa pode ser acessado aqui.

A Comissão de Cultura e Extensão passa a ser presidida pelo professor Carlos Eduardo Cugnasca, com o Paulo Carlos Kaminski, vice-presidente. A Comissão tem o papel de traçar as diretrizes, fomentar e zelar pela execução dos programas de cultura e extensão universitária, analisar e encaminhar para aprovação os contratos e convênios relacionados à área, propor à Congregação os programas de cultura e extensão da Escola, entre outras funções. As propostas da chapa eleita podem ser acessadas aqui.

 

Associação de ex-alunos da Poli disponibiliza banco de vagas para os politécnicos

A Associação dos Engenheiros Politécnicos (AEP) oferece, em seu site, uma plataforma para integrar os interesses de empresas e dos engenheiros formados na Escola Politécnica da USP. Introduzido junto com a remodelação do site, concluída ao final do ano passado, o Banco de Vagas permite tanto que profissionais cadastrem seus currículos, quanto que instituições publiquem oportunidades de trabalho.

Desde sua fundação, em 1935, a AEP, instituição que representa a comunidade de engenheiros formados pela Escola Politécnica da USP (Poli-USP), tem como missão integrar alunos, formados, profissionais da engenharia e membros da Poli, convocando a execução de atividades de interesse público e contribuindo para o desenvolvimento profissional, acadêmico e científico de estudantes e estudiosos.

A criação de um banco de vagas é apenas mais uma das iniciativas da entidade, que acredita que deve auxiliar o politécnico em sua trajetória pessoal e profissional. Para conhecer as ações promovidas pela Associação, basta acessar o site: http://www.politecnicos.org.br/

 

Da Poli para o pódio: USP Mining Team é medalhista em competição internacional

Entre os dias 28 de março e 1º de abril, a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) marcou presença na 40ª edição dos International Mining Games, grande competição de mineração que conta com 39 equipes de oito países diferentes, e que este ano aconteceu em Camborne, Reino Unido. Um dos grupos de extensão da universidade, o USP Mining Team, participou pela segunda vez e conquistou o terceiro lugar em uma das provas, rendendo uma medalha para o time depois de muito esforço e dedicação. Somando as pontuações de todas as provas, o time alcançou o sétimo lugar.

O USP Mining Team foi fundado em junho de 2016 por alunos do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo. Segundo eles, entre os objetivos do projeto estão ampliar o conhecimento e o desenvolvimento pessoal e profissional dos membros da equipe e divulgar a área de mineração no Brasil, representando a USP no exterior.

A integração entre estudantes de engenharia de diversas partes do mundo promoveu uma enorme troca de conhecimento ao longo dos 5 dias, ressalta Gabriel Azevedo, estudante de Engenharia de Minas da Poli-USP, um dos membros representantes da equipe em Camborne. “Ela nos permite conhecer novas culturas e formas de como o curso de Engenharia de Minas é encarado em outras nações”. Já para a Escolha Politécnica, completa, “é uma oportunidade de se divulgar internacionalmente, podendo gerar parcerias no futuro”.

 

Poli-USP marca presença na Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos

Escola participa de evento que tem como objetivo aproximar academia e setor produtivo

A Escola Politécnica da USP está participando da Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos (FEIMEC), entre os dias 24 e 28 de abril. A feira está sendo realizada no São Paulo Expo, localizado na Rodovia dos Imigrantes, das 10h às 19h de terça a sexta e das 9h às 17h no sábado.  O evento reúne mais de 900 marcas expositoras, e nesta edição tem um espaço dedicado à interação de empresas com o setor acadêmico, o “Parque de Ideias”. Neste local são propostas atividades de interação, como palestras e discussões, para que os representantes de empresas de base tecnológica, parques de ciência e tecnologia, agências de desenvolvimento, universidades, entre outros, compartilhem suas experiências e formem redes de colaboração.

A Poli-USP está sendo representada pelo “Poli Para Todos”, um projeto de extensão apoiado pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP composto por alunos da Escola, que levam informações à escolas e feiras, contando suas experiências na Poli. A participação na feira é organizada pelo Serviço de Apoio Institucional da Poli-USP, setor que atende, principalmente, a demanda por divulgação das atividades da Escola junto a estudantes do ensino médio, e que coordena o Poli para Todos. Nesta edição da FEIMEC, participarão também sete sete grupos de extensão: o Poli Júpiter, o Poli Náutico, a Equipe Poli, a Equipe Poli Racing, o Poli Milhagem, o ThundeRatz e o PACE.

Na quarta-feira, dia 25 de abril, uma plateia lotada assistiu a uma palestra com o professor da Poli-USP Marcelo Knörich Zuffo sobre internet das coisas e os desafios para o Brasil. Neste sábado, dia 28 de abril, a professora da Poli-USP  Roseli de Deus Lopes, falará sobre Manufatura avançada por processos aditivos, a partir das 15h. Na manhã do sábado, a partir das 10h, os alunos Fernanda Fulan de Souza e Vinicius Henrique Crispim Rosa falarão sobre o Poli para todos.

Última atualização em Qui, 26 de Abril de 2018 14:38
 

Poli-USP recebe especialistas internacionais em qualidade do ar em ambientes internos

Evento realizado por associação de profissionais que atuam na área

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo receberá o 7º Seminário de Qualidade do Ar de Interiores na próxima terça-feira, dia 24 de abril, no prédio da administração da Escola, que fica na Avenida Professor Luciano Gualberto, travessa 3, nº380. O evento é promovido pelo Chapter Brasil da Sociedade Americana de Engenheiros de Aquecimento, Refrigeração e Ar-Condicionado (ASHRAE - American Society of Heating, Refrigerating and Air-Conditioning Engineers) e traz diversos profissionais que são referência na área para debater o tema. Desde janeiro deste ano, no Brasil, é obrigatória a manutenção de sistemas de ar-condicionado de todos os edifícios, sejam públicos ou privados, de acordo com a Lei 13.589/2018. O Seminário trará um histórico da evolução do conceito de qualidade do ar interno, desde a Portaria 3523 de 1998, ao longo dos últimos 20 anos, e abordará as normas e tendências.

O professor da Poli-USP, Antonio Luís de Campos Mariani, um dos organizadores do evento, e que se dedica aos estudos de qualidade do ar interno há alguns anos, explica que os estudiosos da área ampliaram o conceito de “qualidade do ar interno” para “qualidade do ambiente interno”, sendo considerados um número maior de parâmetros e variáveis para avaliar o ambiente do que a avaliação específica do ar interior. “A Organização Mundial de Saúde e a ASHRAE pontuam que as sensações manifestadas por ocupantes expressam seu bem estar, e envolvem aspectos fisiológicos e sua percepção psíquica, e por isto a Qualidade do Ar deve ser parametrizada para além de simplesmente medir a temperatura do ar ambiente”.

O pesquisador explica que é muito importante avaliar a qualidade do ar interior considerando múltiplos critérios, medindo-os experimentalmente em ambientes reais. No Departamento de Engenharia Mecânica Escola Politécnica têm sido desenvolvidas pesquisas orientadas pelo professor Mariani e pelo professor Marcos Pimenta, nas quais estão sendo medidos parâmetros em ambientes de salas de aula e laboratórios. Medições do nível de particulados, concentração de gases como CO2 (dióxido de carbono) e CO (monóxido de carbono), além de temperatura e umidade do ar, nos ambientes internos e externos para avaliações comparativas, considerando diferentes níveis de filtragem e valores de vazão de ar externo para renovar o ar interno dos ambientes.

Para ampliar esta área de pesquisa está em fase de desenvolvimento e implantação, na Escola Politécnica, o Laboratório de Estudos da Qualidade do Ar de Interiores - QAI, que terá um sistema especial de ar condicionado e ventilação flexível que possibilitará simular diferentes condições no tratamento do ar interno e no ar de renovação e avaliar seus resultados nos ambientes interiores às edificações.

 

Inscrições no link: https://www.sympla.com.br/qualidade--do-ar-de-interiores__270731

Última atualização em Seg, 23 de Abril de 2018 11:42
 


Página 3 de 25