Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Happy Hour Pós Pesquisa promove integração entre docentes

Happy Hour Pós Pesquisa promove integração entre docentes

Realizado no dia 27 de junho, o Happy Hour Pós Pesquisa do PCS promoveu integração e discussões acerca das diferentes áreas estudadas pelos docentes. “Precisávamos de um local onde cada um pudesse apresentar seus tópicos e intenções de pesquisa. É necessário ir além e saber com o que os outros colegas estão trabalhando”, explicou Antonio Mauro Saraiva, chefe de departamento, em seu discurso de abertura.

A primeira docente a se apresentar foi Solange Nice Alves de Souza, que pesquisa os diferentes aspectos de big data. ”Trata-se do armazenamento e processamento de um grande volume de dados com alta velocidade”, explicou. O terceiro “V”  da big data corresponde à variedade de formatos com que é preciso lidar. A análise desses dados é feita de acordo com um interesse específico e possui as mais diversas finalidades, como obter informações que levem a um maior ganho em um negócio.

Solange destacou suas três principais áreas de interesse dentro da big data: redes sociais, gestão e qualidade. A docente, em conjunto com alunos de mestrado, estuda de que forma dados específicos coletados nas redes sociais podem auxiliar os sistemas de recomendação de e-commerce. Na área de gestão de dados, várias problemáticas são abordadas: qual é o custo de armazenamento dos dados? Onde eles serão armazenados? O que será armazenado, e por quando tempo? Solange destacou a importância dos metadados (dados a respeito de outros dados) para a gestão de informação.  A gestão envolve a classificação dos dados de acordo com a importância para o negócio, considerando que as prioridades mudam com o decorrer do tempo, e dados que antes não eram interessantes para o usuário podem tornar-se relevantes, enquanto outros perdem a importância e tornam o seu armazenamento desnecessário e custoso. O tratamento da qualidade dos dados, similarmente ao ambiente de business intelligence, também é necessário, uma vez que informações obtidas sobre dados sem qualidade podem levar a análises incorretas.  É preciso analisar como tratar a qualidade dos dados tendo em vista o Volume e a Velocidade.

Ao fim da apresentação, os membros presentes puderam fazer comentários, debater e ressaltar a importância da pesquisa de big data no contexto atual. A docente Lucia Filgueiras estabeleceu uma relação com o quarto paradigma da ciência: como fazer ciência com tantos dados? Os equipamentos disponíveis atualmente produzem uma quantidade imensurável de informação, e a crescente necessidade de gerenciar e tratar esses dados coloca em evidência o estudo de Data Science, que recebe a contribuição de matemáticos, estatísticos, e também de pesquisadores da área de humanas, como sociólogos.

Ao promover integração e disseminação de conhecimento, o encontro também possibilita uma eventual colaboração entre os membros, como observou Lucia Filgueiras: “Big data é uma área que interage com muitas outras, pois lida com gerenciamento de dados e há pontos de contato com pesquisas de alguns docentes do departamento”. Antonio Saraiva ressaltou que o Happy Hour deve ter periodicidade mensal, e permitirá que cada um dos docentes tenha a oportunidade de expor suas pesquisas e compartilhar experiências adquiridas.

Com informações da Jornalismo Júnior, por Marcos Nona