Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Professor da Poli é o primeiro brasileiro e engenheiro a conquistar o Georg Forster Research Award

Professor da Poli é o primeiro brasileiro e engenheiro a conquistar o Georg Forster Research Award

O professor Paulo de Mattos Pimenta, chefe do Departamento de Engenharia de Estruturas e Geotécnica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli/USP), é o primeiro brasileiro e o primeiro Engenheiro a conquistar o Georg Forster Research Award, concedido pela prestigiada Alexander von Humboldt Foundation, da Alemanha. O prêmio é um reconhecimento pela excelência de sua produção acadêmica, com destaque para sua atuação em mecânica computacional. A cerimônia de premiação foi realizada no dia 27 de março, na cidade de Bamberg, na Alemanha, e contou com a presença de cerca de 400 pessoas. Além do prêmio de € 60 mil em dinheiro, a Fundação custeou a viagem para a premiação e também para visitas às universidades que o vencedor quisesse conhecer na Alemanha, com o objetivo de discutir projetos para estabelecer possíveis parcerias entre a USP e instituições alemãs. Além de Pimenta, outros cinco cientistas foram premiados. Antes do evento, os vencedores ficaram hospedados por dois dias em um hotel onde a fundação promoveu uma série de atividades para que eles pudessem conversar entre si, conhecer o trabalho dos outros pesquisadores e discutir possibilidade de colaboração. Cientistas que já receberam o prêmio em anos anteriores e outros com trabalhos relevantes, também participaram dessas atividades, incluindo dois pesquisadores – um da França e outro dos Estados Unidos – que já receberam Prêmio Nobel. “Foi um grande diferencial. Não se trata de vir aqui apenas para participar de uma cerimônia de premiação, a Fundação trabalha com a perspectiva da internacionalização e apoia a formação de redes de pesquisa entre as pessoas que recebem o prêmio”, destaca Pimenta. As oportunidades de networking abertas pela Fundação e o prêmio já deram resultado. “Vamos organizar, em parceria com a Alexander von Humboldt Foundation e a Fapesp [Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo] um simpósio internacional sobre mecânica computacional, que deve ser realizado entre o final deste ano e começo de 2016. Estou conversando com pesquisadores alemães para trazê-los para o evento e vamos falar com outros cientistas da área, de modo a mostrarmos ao Brasil o estado da arte nesse setor, trazendo conhecimento de ponta”, conta. Antes da cerimônia de entrega do Georg Forster Research Award, houve uma apresentação da Orquestra de Câmera de Bamberg. Pimenta recebeu seu diploma das mãos do Ministério Federal da Cooperação Econômica e do Desenvolvimento (BMZ), acompanhado pelo presidente da Fundação.