Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Inovações da engenharia para superar a crise são tema da abertura da 51ª SEMM

Inovações da engenharia para superar a crise são tema da abertura da 51ª SEMM

Início do evento teve a participação do presidente do IPT e da diretoria da Escola Politécnica USP

Foi realizada, na manhã desta segunda-feira, dia 9 de novembro de 2015, a abertura da 51ª edição da Semana de Estudos Mínero-Metalúrgicos (SEMM), um dos eventos mais tradicionais da Escola Politécnica da USP, no qual, há mais de cinco décadas, os alunos de graduação organizam uma semana repleta de atividades sobre o setor mínero-metalúrgico.

A abertura do evento contou com a participação de Fernando Landgraf, presidente do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT), que apresentou um panorama do posicionamento do Brasil em relação a outros países quanto à inovação, como é realizado o investimento em pesquisa e desenvolvimento no país, e o que falta para que este consiga se destacar na área. O IPT é um instituto vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo e há mais de cem anos colabora para o processo de desenvolvimento do país, tendo sido originado em um laboratório da Poli-USP.

O diretor da Escola Politécnica, prof. José Roberto Castilho Piqueira, e a vice-diretora, Prof. Liedi Légi Bariani Bernucci, também estiveram presentes. O professor ressaltou a importância da engenharia de materiais, minas e metalurgia para o desenvolvimento do país, e que os alunos estão presentes nesta área fundamental. “O futuro do país é o futuro de vocês. Vocês tem que construir um país novo, e para isso é necessário engenharia de alto nível. Sem engenharia de alto nível, não haverá um novo país. Vocês vão mudar o país se vocês quiserem, aprendendo, inovando, fazendo ‘spin-offs’”, comentou Piqueira.

O diretor contou aos alunos que, este ano, a Escola terá 10 postos de empresas ‘spin-off’ a serem escolhidos entre os projetos de formatura. O Cietec - Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia ligado à USP e ao IPEN - está oferecendo 10 vagas para empresas incubadas para o final deste ano. A parceria funcionará da seguinte maneira: o aluno ou um grupo de alunos fez um projeto de formatura interessante, que pode gerar um produto. Ele manifesta interesse para a direção e poderá ter a empresa incubada na CIETEC, recebendo a infraestrutura de local físico e de profissionais que os auxiliem com a documentação e impostos, por dois anos. “Pensem nisso. A Poli terá 10 vagas por ano no CIETEC para empresas incubadas. Pensem se não vale a pena vocês pensarem em um projeto de formatura que gere riquezas para vocês e para o país”.

 A 51ª edição da Semana de Estudos Mínero-Metalúrgicos (SEMM) será realizada até a próxima sexta-feira, dia 13 de novembro. Outras informações e inscrições no site http://www.semm.com.br/, ou pelo aplicativo da SEMM, que está disponível para Android e Windows Phone.