Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Mais de 800 pessoas participam da reunião de pais da Poli-USP

Mais de 800 pessoas participam da reunião de pais da Poli-USP

Calouros de 2017 e familiares são recebidos pela Diretoria da Escola em evento no CDI neste domingo.

Mais de 800 pessoas, entre pais, familiares, responsáveis e calouros participaram da Reunião de Pais promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) neste domingo (05/03). O evento ocorreu no auditório do Centro de Difusão Internacional (CDI) da USP. Os novos estudantes foram recepcionados pelo diretor da Poli, professor José Roberto Castilho Piqueira, pela vice-diretora da Escola, professora Liedi Legi Bariani Bernucci, pelo coordenador do ciclo básico, professor Augusto Camara Neiva, pelo presidente do Fundo Patrimonial Amigos da Poli, Lucas Sancassani, e pelo representante da Associação dos Engenheiros Politécnicos (AEP), Gustavo Anzai.

A reunião ocorre todo ano e busca apresentar o universo da Escola e da Universidade aos pais e responsáveis dos calouros. Piqueira, que foi o primeiro a falar, abriu a cerimônia parabenizando os ingressantes e seus familiares pela conquista e mencionando a importância da família na preparação do aluno. Após apresentar a diretoria, ele destacou o seu “compromisso em colocar a Escola entre as mais conceituadas do mundo e em garantir que o estudante tenha consciência do ambiente em que vive”. O diretor também defendeu a formação “ética, moral e técnica” do engenheiro como uma das prioridades da Poli.

Após sua fala, Piqueira deu início a uma curta apresentação da história da Poli, que foi fundada em 1893 por Paula Souza. O diretor não deixou de falar sobre o panorama da profissão no Brasil e no mundo, questionando a pouca visibilidade social que o engenheiro brasileiro possui e enaltecendo os muitos ramos que um politécnico pode seguir, desde a área acadêmica até setores empresariais e administrativos. Ele explicou ainda sobre a estrutura da Poli, que possui 15 Departamentos, 103 laboratórios de pesquisa e aproximadamente 450 docentes, e deixou o seu entusiasmado incentivo à iniciação científica dos estudantes, um dos fatores que tornam a Poli uma das mais conceituadas escolas de engenharia da América Latina.

As entidades acadêmicas independentes à diretoria, como o grêmio e a atlética, também foram apresentadas por Piqueira, que não deixou de elogiar o bom trabalho feito por elas. Para fechar seu discurso, o diretor deixou um pedido aos pais e familiares dos novos alunos: o de apoiá-los nos próximos momentos que, segundo ele, não serão fáceis, mas que podem ser gratificantes.  

Após a fala do diretor, o vídeo institucional da Escola foi exibido aos pais. Nele, foram apresentados os principais laboratórios e centros de pesquisa que a Poli oferece.

Lucas Sancassani, presidente do Fundo Patrimonial Amigos da Poli, explicou aos presentes o funcionamento do Fundo, que se baseia em modelos internacionais de endowment utilizados por Universidades renomadas. Lançado em 2012, o Fundo já conta com aproximadamente R$ 12 milhões em doações e já apoiou mais de 40 projetos de estudantes da Poli, entre eles a criação das disciplinas “Desenvolvimento Integrado de Produtos” e “Próteses e Órteses de Baixo Custo”. “O objetivo do Fundo é de desenvolver o potencial dos alunos da Poli, contribuindo sempre com a excelência da sua formação”, defendeu Lucas.

Gustavo Anzai, representante da Associação dos Engenheiros Politécnicos (AEP), explicou que a entidade reúne os antigos alunos da Poli e que promove eventos para melhorar a integração dos mais de 20 mil engenheiros formados pela Escola desde a sua fundação. A associação, segundo ele, oferece uma grande quantidade de bolsas de estudo e iniciação científica aos alunos, garantindo assim maior permanência estudantil àqueles com baixa renda.

O professor Augusto Camara Neiva, coordenador do ciclo básico da Poli, se encarregou de dar alguns esclarecimentos a respeito da estrutura curricular da Escola, que nos dois primeiros anos é composta basicamente de matérias fundamentais comuns a todos os alunos, o denominado biênio. Além disso, ele ainda falou sobre a programação da Semana de Recepção aos Calouros 2017, que se inicia hoje (06/03).

Encerrando o evento, a vice-diretora e professora Liedi Legi Bariani Bernucci explicou como funciona a administração financeira da Universidade e como as inúmeras parcerias que a Poli possui com empresas, associações e entidades externas contribuem na produção de conhecimento tecnológico para a sociedade e de conhecimento didático para os alunos. “Nosso esforço é para que a Escola tenha cada vez mais recursos e se torne cada vez melhor”, contou a professora. Ela ainda expressou o desejo de reencontrar os pais e familiares em outra cerimônia, a da colação de grau dos alunos.

A Atlética Acadêmica Politécnica promoveu a venda de peças de vestuário com o emblema da Poli. Junto a ela, o Fundo Patrimonial Amigos da Poli e a AEP montaram estandes para o recolhimento de doações.

Confira as fotos do evento - https://www.flickr.com/photos/poliusp/albums/72157677686965913

(Amanda Panteri)