Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Competição sobre mercado financeiro é realizada pela primeira vez na Poli-USP

Competição sobre mercado financeiro é realizada pela primeira vez na Poli-USP

Promovida pelo tradicional banco suíço, ela contou com 21 participantes, todos alunos de graduação da Escola.

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) participou pela primeira vez da Credit Suisse Award (CS Award), competição voltada para o mercado financeiro e promovida pelo banco Credit Suisse. Entre os dias 21 de março e 2 de junho, os alunos da Poli trabalharam na elaboração de uma avaliação dos fundamentos econômico-financeiros da empresa Raia/Drogasil – similarmente ao que é feito em bancos de investimento ao redor do mundo – e de recomendações a respeito das ações da mesma na bolsa de valores. A cerimônia de entrega dos prêmios aos melhores colocados foi realizada na quarta-feira (07/06), na sede do banco, e contou com a presença do CEO da instituição José Olympio Pereira.

Os estudantes da Poli-USP Gustavo Ferreira de Faria, Gabriel Teodoro de Lima Santos, Matheus Vilaça Vieira Silva, João Vitor Higuti Teles Zuardi e Luiz Alberto Chi Delgado Lira fazem parte do grupo vencedor da CS Award. Eles participam da liga de mercado financeiro da Escola, a Poli Finance. Além deles, a competição contou com mais quatro equipes de alunos da Escola. Durante dois meses, os competidores foram apresentados a tutores, que os auxiliaram no desenvolvimento dos trabalhos e os deixaram mais familiarizados com o cotidiano de um analista de investimentos.

Ao final do período, cada grupo submeteu uma análise fundamentalista da empresa e sugestões sobre compras e vendas dos papéis da mesma negociados na bolsa de valores a uma banca composta por profissionais da Credit Suisse. A escolha da Raia/Drogasil como “case” de análise foi feita pelo próprio banco. Segundo o professor do Departamento de Produção (PRO) da Poli-USP, Erik Rego, foi uma decisão acertada, uma vez que “a empresa é ativa na bolsa de valores e possui muitas informações que serviram para os trabalhos”. Além disso, ela possui liquidez, ou seja, há muitas pessoas interessadas na compra de suas ações.

Para o professor, o maior prêmio que os alunos puderam receber foi a experiência. “O que eles de fato ganharam foi o aprendizado na prática e a oportunidade de conviver com profissionais experientes de um banco de primeira linha”, afirma.

O docente, responsável por organizar a iniciativa, atuou como “Faculty Advisor” na competição. Ele ajudou na orientação dos projetos, que deveriam possuir um viés mercadológico e não acadêmico. “Contribuí no ensino dos principais conceitos de valuation, da modelagem econômico-financeira, dei orientação quanto ao modelo e estratégia do relatório”, conta. Na avaliação do docente, todos os participantes da competição estão agora suficientemente preparados para atuar em estágios e assumir postoss de trabalho no mercado financeiro.

(Amanda Panteri)