Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Torneio para estudantes premiará ideias empreendedoras com viagem ao Vale do Silício

Torneio para estudantes premiará ideias empreendedoras com viagem ao Vale do Silício

“Ponto de Partida”, promovida por alunos da Poli, Unicamp, ITA, FGV e Mackenzie, também dará aos vencedores um curso na Draper University e a possibilidade de apresentar ideia de negócio para investidores. 

Qualquer pessoa que tenha a intenção de ser empreendedor em negócios envolvendo tecnologia de ponta precisa conhecer a experiência do Vale do Silício, nos Estados Unidos, local onde estão sediadas empresas como Adobe, Facebook, Apple e Google. A oportunidade de viajar até lá, estudar em uma universidade norte-americana de ponta e ainda apresentar sua ideia de negócio para potenciais investidores integram o pacote de prêmios da Ponto de Partida, competição entre estudantes que possuem ideias de startups e modelos de negócios promovida pela Poli Júnior, empresa estudantil da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), em parceria com ligas de outras instituições de ensino superior do Estado de São Paulo.

A competição ocorre nos dias 21 e 22 de outubro, no Centro de Difusões Internacionais (CDI) da USP. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui até o dia 17 de outubro. A Ponto de Partida nasceu do evento “Ser Empreendedor”, uma semana de palestras e atividades sobre o tema organizado pela Poli Júnior há 14 edições, e que já contava com uma competição de modelo de negócios em sua estrutura. Esse ano, com a entrada de outras universidades na organização, o prêmio ficou maior. Além da viagem ao Vale do Silício, os ganhadores irão estudar por duas semanas na Draper University e terão a oportunidade de apresentar um pitch para um grupo de investidores da universidade americana.

Além da Poli Júnior, estão envolvidos na organização da competição grupos estudantis da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Universidade Presbiteriana Mackenzie, que, juntas, integram a União das Ligas. Segundo os organizadores, a criação do torneio nasceu da necessidade de impactar a sociedade, fomentando o empreendedorismo ao inspirar, capacitar e conectar pessoas e startups.

Para participar da Ponto de Partida, é necessário ter uma ideia inicial de um negócio inovador e uma equipe de duas a cinco pessoas, com pelo menos um integrante cursando a graduação ou a pós-graduação em qualquer universidade brasileira. Caso exista a ideia, mas não uma equipe, o interessado poderá participar da atividade de formação de grupos que ocorrerá no dia 7 de outubro, às 8 horas, na Poli. Para outras informações, basta acessar o site da competição.

Sobre o evento: A Ponto de Partida foi dividida em duas partes: capacitação e competição. Na primeira etapa são oferecidos cursos, oficinas e palestras com o intuito de apresentar exemplos de iniciativas inovadoras aos presentes e assim preparar os competidores. As atividades promovidas tiveram seu início do final de agosto, e independem da participação na Ponto de Partida. A próxima delas será uma palestra com a startup Farm no dia 4 de outubro, às 19 horas, na Escola. Saiba mais.

A competição em si ocorrerá no penúltimo final de semana do mês de outubro no prédio do CDI, localizado na Cidade Universitária. Para se inscrever basta preencher um formulário no site do evento. No primeiro dia, os participantes passam por uma seleção, na qual serão escolhidos os finalistas. No segundo, as equipes aprovadas seguem para uma etapa de elaboração dos modelos de negócios com o auxílio de empreendedores reconhecidos no mercado e, ao final do dia, apresentam seu projeto a uma banca avaliadora formada por mentores e investidores.

O final de semana contará ainda com uma feira de empreendedorismo no CDI. Durante os dois dias, projetos de empreendedorismo do País ficarão expostos no prédio. A Ponto de Partida conta com o apoio de empresas como a Laiob, Azul, Farm e Baita.