Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Diretor da Poli-USP destaca programas sociais da instituição no Seminário Procoas

Diretor da Poli-USP destaca programas sociais da instituição no Seminário Procoas

Professor José Roberto Castilho encerrou a 13ª edição do evento, que tratou de Economia Social e Solidária.

Terminou nesta quarta-feira (11/10) o XIII Seminário Internacional Procoas, organizado pelo Comitê de Processos Cooperativos e Associativos (Procoas) e realizado na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). O encerramento contou com a participação do diretor da Poli-USP, professor José Roberto Castilho Piqueira, que destacou algumas das ações no campo social executadas por professores e alunos da Escola.

O evento tratou do tema “Autogestão, Cooperativismo e Economia Social e Solidária: Experiências Latino-Americanas” e reuniu alguns dos principais pesquisadores e estudiosos do assunto no País. A programação incluiu debates, apresentações de artigos, saraus, almoços comunitários e lançamentos de livro.

Piqueira lembrou que a Poli nasceu por iniciativa de um grupo de abolicionistas republicanos e, portanto, tem uma tradição inclusiva na sua origem. “Esta Escola foi criada para desenvolver tecnologia para o Estado de São Paulo e o Brasil e para que esse desenvolvimento trouxesse à população qualidade de vida, conforto, progresso, igualdade, trabalho”, apontou.

Ele disse ser uma honra para a Poli poder receber um evento como o Procoas, que está alinhado com uma das vocações da Escola, a promoção do desenvolvimento do País. “Nos últimos anos temos insistido junto aos nossos alunos  sobre o fato de que eles têm uma missão muito importante para quando saírem desta universidade, que é pública: eles precisam devolver para a sociedade a formação que eles obtém, pois eles estudam aqui financiados por ela”, disse. Esse retorno não precisa ser necessariamente em dinheiro, segundo Piqueira. “Pode ser em trabalho, em geração de empregos, na promoção de ações que tragam o desenvolvimento para toda a população”, exemplificou.

O diretor da Poli também ressaltou que a Escola está totalmente aberta para qualquer trabalho social importante. “Temos grupos de alunos que dão aulas de Química, Física e Matemática em escolas públicas da região, durante os finais de semana; oferecemos o Programa de Iniciação Científica, o Pré-IC, para estudantes da rede pública; temos projetos de reúso de água, de reformas em salas de aula etc, com nossos alunos indo às escolas para desenvolver esses trabalhos”, enumerou.

Piqueira concluiu sua fala parabenizando os organizadores do Seminário Procoas, destacando que o evento é totalmente compatível com a missão da Poli-USP de produzir conhecimento e formar pessoas com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de toda a população.