Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias ‘Fala que eu te escuto’

‘Fala que eu te escuto’

Poli-USP tem dois canais de comunicação para manter diálogo entre as instâncias administrativas e a comunidade politécnica

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) disponibiliza dois canais de comunicação oficiais para que alunos e outros integrantes da comunidade politécnica possam formalizar reclamações, críticas e oferecer sugestões. O primeiro deles é a Ouvidoria da Poli, cuja pessoa responsável é Maria Cristina Olaio Villela, atual chefe da Divisão de Biblioteca. O segundo é a Assistência Técnica Acadêmica da Escola, chefiada por Márcia Costa Pinto Barros.

A Poli-USP foi pioneira na criação da Ouvidoria, em 1988, estabelecida antes de haver uma lei estadual que determinasse que todos os órgãos públicos tivessem essa instância. A Ouvidoria recebe sugestões, críticas, elogios, reclamações, denúncias e pode ajudar no esclarecimento de dúvidas sobre o funcionamento da Escola. Tudo deve ser feito pelo e-mail da ouvidoria.

Segundo Maria Cristina Olaio Villela, o procedimento padrão é receber as denúncias e reclamações dos alunos e encaminhá-los à pessoa ou ao setor responsável para os devidos esclarecimentos. “O papel do Ouvidor da Poli é ser um canal de comunicação entre os alunos, os pais, a comunidade em geral. É importante ter esse meio de contato para que a sociedade se sinta respeitada e atendida nas suas necessidades”, destaca.

Já a Assistência Técnica Acadêmica cuida dos assuntos administrativos relacionados à graduação e pós-graduação. Para esse órgão os alunos podem pedir ajuda em questões que vão desde a dificuldade enfrentada com notas, desentendimentos com professores e colegas da Escola, até problemas relacionados à saúde que estejam afetando os estudos.

No contato por meio desse canal, a identidade do aluno é sempre preservada. Os casos mais complexos são repassados à Diretoria para avaliação. Os estudantes recebem as orientações necessárias e são tomadas as devidas providências, que pode ser desde reuniões conciliatórias para promoção da resolução de um conflito por meio do diálogo, até criação de uma Comissão de Sindicância, entre outras soluções. Cada caso é analisado individualmente.

Na recepção dos calouros, há mais um canal de comunicação, desta vez da USP: o Disque-Trote, que recebe denúncias de trotes que envolvam agressão física ou moral ou outras formas de constrangimento.

Serviço

Ouvidoria: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Assistência Técnica Acadêmica: 3091-5571 / 5524 ou Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Disque-Trote: 0800 012 10 90 ou Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

*************************

ATENDIMENTO À IMPRENSA

Acadêmica Agência de Comunicação – www.academica.jor.br

11+ 5549-1863 / 5081-5238 (Acadêmica)

11 +3091-5295 (Poli-USP)

Janaína Simões – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.