Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias USP instala a primeira rede acadêmica brasileira em 100 Gbps

USP instala a primeira rede acadêmica brasileira em 100 Gbps

A USP estabeleceu, em 26 de abril, o primeiro canal de comunicação de 100 Gbps de sua Rede de Comunicação (USPnet), interligando seu Centro de Computação Eletrônica (CCE) ao Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores (Larc) da Escola Politécnica (Poli) da USP. Os equipamentos envolvidos nesta interconexão foram adquiridos pelo projeto denominado Conexão à Rede ANSP, financiado com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), que foi criado em 2002 e é anualmente renovado desde então.

A coordenação deste projeto, durante o ano de 2012, foi exercida pelo professor Edson dos Santos Moreira, especialista em redes de computadores e docente do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP que fica em São Carlos. Na época, Moreira atuou como assessor do então responsável pela Superintendência de Tecnologia da Informação, professor Gil da Costa Marques. Mais recentemente, tal Superintendência foi assumida pelo professor Antonio Roque Dechen. A docente responsável pela implantação do canal de 100 Gbps no LARC foi a professora Regina Melo Silveira.

Segundo o professor Jaime Simão Sichman, diretor do CCE, o órgão executor do projeto, trata-se de um marco importante na conectividade de rede da Universidade. “A USP foi pioneira na instalação de uma rede acadêmica de 10 Gbps, ocorrida em meados de 2003, quando interligamos o CCE ao ponto de ligação do Backbone da Escola Politécnica. Agora, dez anos depois, somos novamente pioneiros e conseguimos realizar uma ligação dez vezes mais rápida novamente entre o CCE e a POLI”, afirma Sichman.

Até onde se tem conhecimento, este projeto é o primeiro a introduzir a tecnologia de 100 Gbps em uma universidade latino-americana. No projeto, foram adquiridas quatro interfaces de 100 Gbps, o que possibilita a implantação de duas conexões nesta tecnologia. Confirmando o caráter inédito da iniciativa, Claus Troppmair, representante da empresa Juniper Networks, fabricante dos equipamentos, informou que as quatro interfaces adquiridas pela USP são as únicas fornecidas pela empresa no Brasil até o momento.

A nova tecnologia é 50 mil vezes mais rápida que o acesso em banda larga mais comum no Brasil (até 2 Mbps, segundo o estudo NetSpeed Report – Ibope Nielsen Online de junho de 2012), possibilitando a realização de download de um DVD em menos de um segundo ou de um Blu-Ray em apenas quatro segundos.

A iniciativa atenderá aos desafios trazidos pelos novos paradigmas computacionais, tais como a computação em nuvem e o Big Data. Também possibilitará o uso na rede de aplicações de vídeo de ultra-alta definição, tais como 4K e 8K, respectivamente, 4 e 16 vezes a resolução das televisões Full HD atualmente existentes no mercado.

Atualmente o enlace encontra-se em testes, com o apoio das empresas parceiras Padtec, JDSU e Juniper, para, em seguida, ser utilizado na interligação entre os Data Centers (IDCs) principal e secundário do ambiente de computação em nuvem da USP (Cloud USP).

Com informações do CCE. Outras informações pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .