Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Poli/USP assina primeiro convênio de duplo diploma com universidade da América Latina

Poli/USP assina primeiro convênio de duplo diploma com universidade da América Latina

Acordo com a Pontifícia Universidade Católica do Peru (PUCP) oferecerá vagas de intercâmbio

para alunos de engenharia civil

A Escola Politécnica da USP realizou na última terça-feira, dia 21 de maio de 2013, uma cerimônia de assinatura de um convênio de duplo diploma entre a Escola Politécnica da USP e a Facultad de Ciencias e Ingeniería da Pontificia Universidad Católica del Perú, com o objetivo de estimular a cooperação internacional na educação superior na graduação. Este é o primeiro acordo do tipo da Escola Politécnica da USP com uma universidade latino americana. As vagas para o intercâmbio se dedicam a estudantes de Engenharia Civil da Poli/USP e da PUCP, que por meio do acordo poderão obter o diploma de engenheiro civil da instituição parceira. O diploma acadêmico será concedido uma vez que os estudantes tenham realizado o programa de estudos estabelecido e satisfeito os requisitos exigidos por cada instituição. Os estudantes que queiram participar do programa de duplo diploma serão pré-selecionados por sua universidade de origem.

Entre as novidades está o fato de que os alunos que participarem do programa de duplo diploma desenvolverão os seus trabalhos de conclusão de curso na universidade de destino, e terão uma banca mista, composta por docentes das duas universidades. A apresentação do trabalho será única e na realizada na instituição receptora. A participação dos professores da universidade de origem poderá ser presencial ou à distância, via videoconferência. Além disso, o programa acadêmico previsto no acordo tem um diferencial quanto aos já estabelecidos pela Poli/USP com universidades europeias e americanas, uma vez que uma universidade do hemisfério sul tem o início do ano letivo em fevereiro, assim como a USP, e ao contrário das universidades do hemisfério norte, nas quais o ano letivo se inicia em setembro. Para os estudantes de Engenharia Civil brasileiros, um aspecto interessante da PUCP são os assuntos diversificados mais explorados pela grade curricular do mesmo curso na instituição estrangeira, como os estudos sobre engenharia sísmica, propiciados pelos fenômenos naturais de abalos sísmicos muito recorrentes no Peru, e que são pouco recorrentes no Brasil.

A PUC Peru foi fundada em 1917 e tem sede na cidade de Lima, sendo considerada a melhor universidade do país. Sua estrutura conta com 10 faculdades, 14 departamentos acadêmicos, dois institutos de estudos gerais e uma escola de pós-graduação, atendendo a 44 cursos de graduação, 70 programas de mestrado e 16 de doutorado, incluindo 14 cursos de graduação à distância. A meta acadêmica da instituição é a de elevar-se ao padrão de principal centro de excelência do Peru.

Os professores da PUCP responsáveis pela proposta do programa de duplo diploma com a Poli/USP são o professor Daniel Torrealba Dávila, Decano da Faculdade de Ciências e Engenharia e professor de engenharia de estruturas, o Professor Rafael Aguilar Velez, professor de engenharia da Seção de estruturas da PUCP, e o Professor César Huapaya Huapaya, coordenador de graduação do curso de engenharia civil e professor de engenharia de estruturas. O coordenador do convênio por parte da PUCP é o Professor Rafael Aguilar Velez.

O coordenador acadêmico do programa na Poli/USP será o professor Henrique Lindenberg Neto, do departamento de Engenharia de Estruturas e Geotécnica.