Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Ex-aluno da Poli/USP é primeiro brasileiro a receber prêmio Bettancourt

Ex-aluno da Poli/USP é primeiro brasileiro a receber prêmio Bettancourt

Prêmio é oferecido anualmente pela universidade francesa École des Ponts ParisTech ao melhor aluno estrangeiro formado dentro de programa de duplo-diploma

O ex-aluno da Escola Politécnica da USP, Rodolfo José Ferrari da Silva, formado em 2012, recebeu o Prix Bettancourt, prêmio oferecido anualmente pela École des Ponts ParisTech ao melhor aluno proveniente de seus acordos de duplo-diploma. Segundo representante do Departamento de Engenharia Mecânica e Materiais da École des Ponts ParisTech, foram indicados 4 finalistas ao prêmio, entre todos os alunos de duplo-diploma da instituição formados em 2012. A École des Ponts ParisTech (ENPC - anteriormente chamada de École Nationale des Ponts et Chaussées) possui 32 acordos de duplo-diploma com universidades de prestígio de 22 países, e forma anualmente  por volta de 70 alunos de duplo-diploma. O prêmio leva em consideração uma análise qualitativa do empenho e do aproveitamento geral do aluno duplo-diplomando, e não apenas uma análise quantitativa da média obtida pelos alunos nas matérias cursadas na França. A ex-aluna da Poli/USP, Luana Conceição de Oliveira, formada em 2012, também ficou entre os finalistas. A final foi realizada no dia 23 de maio de 2013, e os prêmios serão entregues na cerimônia de formatura de 21 de junho de 2013.

Rodolfo José Ferrari da Silva cursou Engenharia Mecânica na Escola Politécnica da USP de 2006 a 2012, e realizou intercâmbio no programa de intercâmbio de duplo-diploma da Poli/USP com a Ecole des Ponts ParisTech pelo Departamento de Engenharia Mecânica e de Materiais, de 2009 a 2012. Durante a graduação cursou também um ciclo em um curso de Gestão Internacional (mini MBA) de 8 meses, com desenvolvimento de habilidades em negócios e foco em liderança, gestão em ambientes multiculturais e estratégias corporativas em economia global. Durante o período em que esteve na França estagiou na empresa ArcelorMittal, onde realizou sua tese final e obteve um resultado de nota máxima (20/20). Atualmente, devido a sua experiência internacional e sua bagagem adquirida durante o duplo diploma, trabalha no departamento de relação com investidores na empresa Hypermarcas, em São Paulo.

A Escola Politécnica da USP tem convênio estabelecido com a Ecole Nationale des Ponts et Chaussées, atualmente Ecole de Ponts ParisTech, desde 2002. O convênio foi renovado em 2010, e tem validade até 2015.