Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Poli/USP e site Porvir discutem o futuro do ensino de Engenharia

Poli/USP e site Porvir discutem o futuro do ensino de Engenharia

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e o Porvir, portal de notícias e artigos sobre ensino e inovação, estabeleceram uma parceria para produção e divulgação de artigos e reportagens sobre os gargalos e as práticas inovadoras no ensino de Engenharia. Os textos estão sendo publicados em série, em intervalos de uma a duas semanas, na editoria “O Futuro do Ensino da Engenharia” (http://porvir.org/tag/serie-engenharia). “O Porvir é um dos meios de referência em educação e foi receptivo para a publicação de conteúdo nesta área”, afirma o professor Eduardo de Senzi Zancul, do Departamento de Engenharia de Produção da Poli.

A série abrange oito temas: desafios na formação de Engenharia e perfil dos engenheiros; atração de talentos para a Engenharia e papel das feiras de ciência; mulheres na Engenharia; multidisciplinaridade na formação do engenheiro; formação para o mercado de trabalho e a importância de projetos sociais; relação das escolas de Engenharia com a comunidade; espaços físicos inovadores para ensino de Engenharia; e a agenda do Poli-EDU – grupo de pesquisas da Poli dedicado ao ensino de engenharia.

As reportagens são realizadas pela equipe do Porvir. Os artigos, por sua vez, são assinados por professores e pesquisadores da Poli, incluindo alunos da pós-graduação, em parceria com docentes. Já foram divulgados sete textos – quatro reportagens e três artigos – e segundo Tatiana Klix, editora do Porvir, outros dez deverão ser publicados até o final de agosto. Os textos da série são liberados para reprodução, e recomenda-se que a fonte seja citada.

“Quando a Poli fez a proposta, avaliamos que os temas eram relevantes e aderentes à pauta do Porvir, que mapeia e difunde conteúdos sobre inovação educacional”, comenta Tatiana. “Uma parceria com a Poli nos pareceu interessante porque a instituição poderia contribuir com fontes, dados, temáticas que agregam ao conteúdo que produzimos, o que de fato está acontecendo”, completa.

Tanto que os professores e pesquisadores que integram o Poli-EDU também ajudaram na definição dos temas da série. “Desenvolvemos um trabalho conjunto e apoiamos a Porvir com sugestão de fontes, mostrando casos da Poli que se enquadravam nos temas”, conta Eduardo Zancul. O Poli-EDU é formado por professores de vários departamentos e alunos da pós-graduação da Escola Politécnica. “É comum, no exterior, que escolas de Engenharia tenham grupos de pesquisa na área de ensino, pois o ensino de graduação é nossa atividade principal. O Poli-EDU segue essa tendência das escolas de Engenharia de ponta no mundo”, finaliza.