Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Poli e Harvard promovem curso colaborativo em sustentabilidade urbana

Poli e Harvard promovem curso colaborativo em sustentabilidade urbana

Iniciativa amplia o conhecimento técnico dos participantes e fomenta parcerias entre alunos e professores das duas instituições.

Já foram selecionados os quinze alunos brasileiros participantes da 6ª edição do Curso Colaborativo POLI/Harvard, realizado em parceria pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli/USP) e pela Escola de Engenharia e Ciências Aplicadas da Universidade de Harvard. O tema desta edição será “Sustentabilidade Urbana”. Entre os selecionados da Poli, oito são do Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental, cinco do Departamento de Engenharia de Construção Civil e um do curso de Dupla Formação Poli/FAU. A turma completa compreende, além dos estudantes brasileiros, também quinze norte-americanos.

Este ano, o curso acontece em São Paulo, no período de 11 a 21 de janeiro de 2015. As palestras serão ministradas nas dependências da Poli e complementadas por diversas visitas técnicas. Os estudantes irão conhecer o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo (CGE), alguns piscinões e a Aquapolo Ambiental S.A., entidade criada com o objetivo de produzir água de reuso para fins industriais, além de outras visitas relacionadas aos demais temas a serem tratados no curso.

Serão discutidas experiências brasileiras e americanas sobre os principais problemas ambientais enfrentados pelas cidades: abastecimento de água, controle de poluição, resíduos sólidos, consumo energético e mobilidade urbana. “O principal objetivo do curso é contribuir para uma formação mais ampla dos engenheiros da Poli, dando a eles a oportunidade de interagir com estudantes de engenharia de outros países e vivenciar realidades distintas, além de possibilitar que sejam capazes de se posicionar em relação a temas complexos”, explica a professora Mônica Porto, do Departamento de Hidráulica e Ambiental da Poli, coordenadora do curso.

“É um processo de imersão, no qual os alunos brasileiros e americanos passam as duas semanas juntos, participando de atividades em grupo supervisionadas por um professor”, conta. Por isso, um dos critérios de seleção dos participantes foi o domínio da língua inglesa, além do desempenho escolar. Ao final, eles devem apresentar um trabalho sobre o aprendizado e discutir as principais similaridades de um mesmo problema e as formas de abordagem nos EUA e no Brasil.

Colaboração – Das cinco edições anteriores do curso, duas aconteceram nos EUA e as outras no Brasil. Segundo a professora, durante estes cinco anos de colaboração as redes de conhecimento formadas pelo curso permitiram o intercâmbio de três alunos de graduação da Poli que foram, posteriormente, estagiar nos laboratórios da Escola de Engenharia e Ciências Aplicadas e da Escola de Graduação em Design de Harvard.

“Recebemos também dois estudantes de Harvard, sendo que um deles permaneceu por um ano no Centro Internacional de Referência em Reuso da Água da Poli da Poli”, afirma Mônica Porto, lembrando que a iniciativa também permitiu que duas parcerias de pesquisa fossem formadas. A primeira em 2011, entre os professores José Carlos Mierzwa (Poli/USP) e Chad Vecitis (SEAS/ Harvard), na área de tecnologias de membranas para reuso de água. A segunda, formada em 2014, envolveu os Professores Mauricio Salles (Poli/USP) e Mike Aziz (SEAS/ Harvard), na área de sistemas de armazenamento de energia.

Para saber mais sobre o curso, acesse http://brazil.drclas.harvard.edu/initiatives/cities-and-environment/seas-poli