Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Parceria entre Poli e universidade canadense visa aprimorar formação de engenheiros

Parceria entre Poli e universidade canadense visa aprimorar formação de engenheiros

Poli-USP e Marine Institute vão oferecer cursos de graduação e pós-graduação em operação de ROVs. Parceria entre as instituições deve ser concretizada no próximo semestre, com o oferecimento das disciplinas no campus de Santos

O diretor da Escola Politécnica da USP, prof. José Roberto Castilho Piqueira, e o prof. Giorgio Francesco Cesare de Tomi, do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo, se reuniram na manhã desta quinta-feira, dia 27 de agosto, com o chefe da escola de tecnologia oceânica do Marine Institute da Memorial University, Dwight Howse, para discutir detalhes de uma parceria em nível de graduação e pós-graduação. Professores do instituto canadense apoiarão a Poli-USP no oferecimento de disciplinas com ênfase na operação de veículos autoguiados conhecidos como ROV (Remotely Operated Vehicle), assunto no qual a Marine Institute é referência internacional e possui ampla experiência. “Eles são reconhecidos como o estado da arte em treinamento de operação de ROV para aplicação em engenharia de petróleo, como a verificação de estruturas e inspeções submarinas em ambientes profundos, onde mergulhadores não podem acessar”, explicou o professor Tomi. Durante a reunião, o diretor da Poli-USP ressaltou a importância do campus de Santos para a região e para o desenvolvimento científico e tecnológico para exploração do pré-sal, essencial para o país.

A Escola Politécnica da USP, que oferece o curso desde 2012 no Colégio Cesário Bastos, está iniciando uma parceria com o instituto canadense para oferecer as disciplinas em inglês, possibilidade oferecida pela nova estrutura curricular, que começou a valer em 2014. A parceria está sendo liderada pelo Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo da Escola, com os professores Giorgio Francesco Cesare de Tomi e Ricardo Cabral de Azevedo.