Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias XI edição da Jornada da Ergonomia reúne especialistas nacionais e internacionais na Poli-USP

XI edição da Jornada da Ergonomia reúne especialistas nacionais e internacionais na Poli-USP

Com o tema “Contribuições da Ergonomia para Projetos de Engenharia e do Trabalho”, foi iniciada na tarde desta quarta-feira, dia 11 de novembro, a “XI Jornada de Ergonomia” da Escola Politécnica da USP. A abertura do evento contou com a presença do diretor da Escola Politécnica da USP, professor José Roberto Castilho Piqueira, do chefe do Departamento de Engenharia de Produção, professor Fernando José Barbin Laurindo, Nilton Menegon, representando Associação Brasileira de Ergonomia, e os professores que coordenaram o evento, Laerte Sznelwar, Uiara Montedo e Fausto Mascia.

O diretor da Poli fez a abertura da cerimônia parabenizando a organização do evento, ressaltando a importância do tema para a engenharia e para o trabalho. “A engenharia é fundamental para a construção da qualidade de vida de uma população. A engenharia envolve sempre um trabalho humano, que muitas vezes é pesado e desgastante. Nesse sentido, tenho orgulho de, dentro da Escola Politécnica, ter um departamento de engenharia de produção que tem uma grande preocupação com o trabalho e com o indivíduo que trabalha nos diversos projetos de engenharia”. O professor destacou ainda que a Poli-USP é uma instituição pública de ensino de engenharia que tem um compromisso com a população e como o país. “Nosso principal compromisso é formar engenheiros de padrão internacional, no nível das principais escolas de engenharia do mundo, mas que tenham consciência do meio que os cercam, e estejam prontos para ajudar a erradicação da pobreza desse país, e transformar toda a população em protagonista daquilo que ocorre nas melhores entidades”.

O professor Fernando José Barbin Laurindo comentou o caráter multifacetado da engenharia de produção, que lida com diversos tipos de conhecimento e assuntos. “Mas temos que ter sempre em mente que na base de tudo está o ser humano, e o ser humano é bastante observado quando se discute ergonomia. A engenharia de produção tem tido a preocupação de se manter viva, ligada às mudanças que aconteceram na sociedade, não somente nas empresas, mas também nas pessoas”.

O evento vai até amanhã, dia 12 de novembro, e conta com a participação de convidados internacionais, além de profissionais e pesquisadores brasileiros com grande experiência na área. Nesta edição, serão seis sessões, com as seguintes temáticas: trabalho, economia e subjetividade; desafios para projetos inovadores a partir da realidade do trabalho; ergonomia em projetos de engenharia; ergonomia e gestão de operações; do diagnóstico à intervenção: contribuições da ergonomia e do laboratório de mudanças; organização do trabalho, desenvolvimento profissional e trabalho coletivo.

Outras informações sobre o evento no site http://jornadadeergonomia.blogspot.com.br/