Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Organização da Semana de Engenharia Civil e Ambiental da Poli-USP divulga relatório final

Organização da Semana de Engenharia Civil e Ambiental da Poli-USP divulga relatório final

É comum, na Escola Politécnica da USP, que grupos de estudantes realizem eventos temáticos sobre sua área de especialização, com profissionais de destaque no mercado participando de palestrantes e workshops, e levando os estudantes para visitas técnicas. Os alunos buscam patrocinadores, convidam os profissionais, e fazem toda a organização do evento, do planejamento financeiro à divulgação. É o caso da Semana Temática de Engenharia Civil e Ambiental, a SeTEC, que em 2015 chegou à quinta edição. Segundo os organizadores, houve aumento no número de eventos, a inauguração de uma mostra dos trabalhos de Iniciação Científica da em Engenharia Civil, e um workshop com as empresas patrocinadoras. Além disso, o evento contou com a participação de personalidades de destaque nas áreas de gestão pública, urbanização, transportes, logística e real state.

O principal objetivo da organização da V Semana Temática de Engenharia Civil e Ambiental foi consolidar a institucionalização da Semana perante a Escola e os alunos, de forma a se tornar um dos eventos acadêmicos mais renomados no ano. Os organizadores contam que, mesmo após os eventos, formaram-se

pequenos grupos de discussão entre alunos, professores e os profissionais participantes, que acabavam por trocar e-mails e continuavam as discussões posteriormente. “É justamente esse tipo de integração, entre o

meio acadêmico, o mercado e os alunos, um dos principais objetivos da SeTEC”, explica Alice Lepique Juliano, coordenadora geral da 5ª edição do evento. O evento foi patrocinado pelas empresas Sabesp, Camargo Correa, EIT Engenharia e Votorantim, e recebeu apoio da diretoria da Escola Politécnica da USP, da Associação dos Engenheiros Politécnicos e da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FDTE).

A íntegra do relatório pode ser acessado no link.