Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Instituições de pesquisa brasileiras precisam definir programas para gerenciar dados científicos

Instituições de pesquisa brasileiras precisam definir programas para gerenciar dados científicos

Como gerir informações e disponibilizá-las para a comunidade acadêmica e outros órgãos é foco de discussão do III Workshop em Ciência dos Dados da Poli-USP

Em agosto último, uma das maiores agências de fomento à pesquisa do Brasil, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), definiu que os pesquisadores que desejarem submeter projetos de pesquisa para algumas modalidades de editais, como os temáticos, deverão apresentar um “Plano de Gestão de Dados”. A determinação segue uma tendência do universo acadêmico, que produz uma quantidade cada vez maior conhecimento e informação, e precisa agora decidir sobre quais as melhores formas de armazenar, tratar e disponibilizar a produção científica para uma sociedade cada vez mais conectada.

A Fapesp está acompanhando uma tendência internacional: a exigência de se criar um modelo de gerenciamento de dados científicos – a chamada ciência dos dados abertos. Discutir as necessidades das instituições de pesquisa brasileiras e definir programas para estabelecer um modelo para gerenciamento de dados científicos é o foco do III Workshop em Ciência dos Dados (wds.poli.usp.br/wds3) que será realizado entre os dias 25 e 27 de outubro pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP).

“A ciência, no Brasil e no mundo, precisa de modelos de gestão de dados públicos, de forma a disponibilizá-los desde sua origem até a fase final da análise, garantindo a qualidade e reprodutibilidade desses dados”, destaca o professor do Departamento de Engenharia de Computação e Sistemas Digitais (PCS) da Poli, Pedro Luiz Pizzigatti Corrêa, pesquisador da área e um dos organizadores do workshop. “O objetivo dessa terceira edição do workshop é promover a disseminação de conhecimento em técnicas de gerenciamento, análise e visualização de dados científicos que podem contribuir para resolver alguns dos desafios do atual contexto de dados abertos no Brasil”, completa.

O workshop mostrará as boas práticas para busca, acessibilidade, interoperabilidade e reuso de dados científicos. Ganha destaque na programação a apresentação de um estudo de caso: o gerenciamento dos dados do projeto GoAmazon, que coletou informações sobre aerossóis próximo da cidade de Manaus. Além disso, algumas iniciativas internacionais serão apresentadas pelos conferencistas.

Um dos pontos altos da programação é a palestra de Matt Toussant, vice-presidente de Produtos e Operações de Conteúdo da CAS, uma divisão da American Chemical Society. Ele falará, por videoconferência, sobre como alia o trabalho de gestão e o compartilhamento de dados com as patentes e necessidade de sigilo. Já a professora da Universidade do Tennessee, Suzie Allard, estará presente no workshop e falará sobre o projeto DataONE, da National Science Foundation (NSF), que investiga tecnologias para criar uma ciberinfraestrutura para manutenção de grandes bancos de dados em pesquisa ambiental.

Outro palestrante internacional de renome presente no workshop é Mike Frame, cientista chefe em gestão de dados científicos da United States Geological Survey (USGS), dos Estados Unidos. Giri Palanisamy e Bhargavi Krishna, pesquisadores do Oak Ridge National Laboratory (ORNL), vão falar sobre as ferramentas computacionais de gestão, análise e visualização de dados do programa Atmospheric Radiation Measurement (ARM/DoE/US).

Programação – No dia 25, serão realizadas as palestras dos pesquisadores convidados sobre o tema gestão de dados científicos, relacionadas aos projetos GoAmazon, o ARM, a USGS, o DataONE e a ACS. Neste dia, os participantes poderão assistir as palestras e debater os assuntos presencialmente ou acompanhando a transmissão pela IPTV da USP.

Nos dias 26 e 27 de outubro, participantes pré-inscritos vivenciarão a parte prática do workshop, o hands-on. Eles desenvolverão experimentos de análise e visualização de dados do GoAmazon, além de trabalhar com dados de processos da indústria química e utilizar infraestrutura computacional dos projetos ARM e DataONE.

As inscrições para as palestras do dia 25 e também para o hands-on estão disponíveis no site: wds.poli.usp.br/wds3. Os organizadores fornecerão certificado para quem participar presencialmente e para quem assistir as palestras online.

************************************

ATENDIMENTO À IMPRENSA:

Acadêmica Agência de Comunicação

Janaína Simões – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Angela Trabbold – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Tel. (11) 5549-1863 / 5081-5237