Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Poli conquista o 3º lugar na 17ª Competição Baja SAE Brasil Petrobras

Poli conquista o 3º lugar na 17ª Competição Baja SAE Brasil Petrobras

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) conquistou o terceiro e o quarto lugares na 17ª Competição Baja SAE Brasil Petrobras, disputada no último domingo, dia 27 de março, em Piracicaba, no interior paulista. Como terceiro colocado, o baja Poli Ciser Fênix irá representar o Brasil na Baja SAE Kansas, que será realizada pela SAE International, de 26 a 29 de maio, em Pittsburg, Kansas, EUA.


A equipe Poli Ciser Titan ficou com o quarto lugar. Essa é a primeira vez que a Poli leva seus dois projetos ao pódio e pela quarta vez consecutiva ganha o direito de representar o Brasil na competição mundial. O Brasil é tetracampeão na competição internacional, que reúne anualmente mais de 120 equipes de vários países.

O título da 17ª Competição Baja SAE Brasil Petrobras ficou com a equipe FEI Baja 2, do Centro Universitário da FEI, de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. A segunda colocada foi a equipe FEI Baja 1, do mesmo Centro Universitário.

O estudante Luiz Fonseca, do 5º ano de Engenharia Mecânica e piloto da equipe Poli Ciser Fênix, da USP, justificou o bom resultado à redução do peso do carro, obtida com a troca da carenagem de fibra de vidro por plástico. “O nosso carro pesa 152 kg e também ficou mais confortável para o piloto dar a própria partida, sem precisar sair do veículo”, disse ele, de acordo com texto da SAE Brasil. “Vamos de novo representar o Brasil nos Estados Unidos”, comemorou.

Luiz Fonseca dividiu os prêmios com as empresas que ajudam no projeto. “Essa é uma conquista também de nossos parceiros que colaboraram para concretizarmos o nosso projeto quando mais precisamos, com produtos e serviços de qualidade”, afirmou.

Sessenta e duas equipes, de um total de 67 inscritas, compareceram à 17ª Competição Baja SAE Brasil-Petrobras, que avaliou os projetos em testes estáticos e dinâmicos.

A competição reuniu alunos de engenharia de mais de 50 instituições de ensino, de Brasília e mais 14 Estados – Bahia, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, ParanáPernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Segundo a SAE Brasil, os veículos baja são protótipos de estrutura tubular em aço, monopostos, para uso fora-de-estrada e devem ser capazes de transportar pessoas com até 1,90m de altura, pesando até 113,4 kg e motor padrão de 10 HP. Os sistemas de suspensão, transmissão, freios e o próprio chassi são desenvolvidos pelas equipes, que ainda têm a tarefa de buscar patrocínio para o projeto.

 

Fonte: Site do Departamento de Engenharia Mecânica da Poli