Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Poli/USP fecha parceria com IBM e Flextronics para criação de dois laboratórios de tecnologia

Poli/USP fecha parceria com IBM e Flextronics para criação de dois laboratórios de tecnologia

Foco será na formação e capacitação de profissionais de nível superior em TI

Na última sexta-feira (12/8), a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli/USP) inaugurou dois laboratórios de informática para formação e capacitação de profissionais de nível superior em tecnologias da informação (TI). Trata-se do Projeto de Disseminação de Conhecimentos de Informática em Tecnologia da Informação (PDCI-TI), resultado de um convênio entre a Poli e as empresas IBM e Flextronics, estabelecido por meio da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FDTE).  

A proposta do PDCI-TI é promover atividades extracurriculares, optativas e gratuitas, para estudantes da Poli, relacionadas com conhecimentos de TI, complementares à formação acadêmica e profissional. Os cursos propostos nessa parceria servirão para o aprofundamento e contextualização dos conteúdos, indicando aplicações no exercício da profissão. Eles ajudarão a formar os engenheiros da Poli, em todas as áreas.

“Mais do que cumprir sua função didática, disponibilizando aos alunos conhecimento de ponta em TI, esse convênio marca o início de um relacionamento profícuo com a IBM na área educacional”, disse o diretor da Poli, o prof. Dr. José Roberto Cardoso, durante a inauguração dos laboratórios. Ele ressaltou que esse tipo de parceria possibilita melhorar ainda mais a qualidade do ensino da Poli, cuja excelência já é reconhecida.

“Esta parceria é de extrema importância para a IBM e para o mercado de TI pois capacita profissionais futuros nas tecnologias mais atuais. Acreditamos que esta iniciativa diferencia a entrada desses profissionais no mercado de trabalho, pois certificações funcionam como uma porta de entrada para um ambiente que tende a ser cada vez mais exigente e competitivo”, diz Edson  Luiz Pereira, responsável pela área de Parcerias Educacionais da IBM que esteve presente no evento, juntamente com o diretor do Laboratório de Pesquisa da IBM, Sergio Borger, e do executivo Josias de Souza, da Flextronics.

Ênfase dos cursos - Inicialmente, os cursos do PDCI-TI serão voltados apenas para os alunos da Poli, mas a ideia é que, no futuro, sejam também abertos à comunidade da USP. Haverá mais ênfase na plataforma mainframe, com a promoção de cursos de conhecimento básico, intermediário e avançado nesta plataforma, além de cursos sobre o sistema operacional Linux, UNIX, e Windows. Banco de dados, storage, vituralização, administração de banco de dados, entre outros, também poderão fazer parte do curso.  Os cursos foram desenvonvidos em parceria com a IBM e os  laboratórios têm conexão com um Mainframe IBM, o que possilibiltará aos alunos a prática nesses ambientes.

O custo do projeto foi de cerca de R$ 200 mil, mas tão importante quanto os equipamentos é o capital humano, ou seja, os profissionais que ministrarão as aulas. Os laboratórios funcionarão no prédio do Biênio da Poli. A programação dos cursos será divulgada em breve.