Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias UE realiza seminário sobre “Internet das Coisas” na Poli/USP

UE realiza seminário sobre “Internet das Coisas” na Poli/USP

Evento apresentará os principais resultados em P&D na área,
além de difundir o conceito de IoT no Brasil.

Entre os dias 13 e 15 de setembro, a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli/USP) promoverá um seminário sobre o CASAGRAS2, projeto financiado pela União Européia que tem o objetivo de estudar e divulgar o campo da “Internet das Coisas” (Internet of Things - IoT). No evento, serão apresentados os principais resultados de projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) realizados no mundo, além de ser prospectado o que vem sendo feito pelo Brasil na área.

A “Internet das Coisas” é uma fronteira do conhecimento considerada revolucionária por interligar objetos físicos e virtuais a uma infraestrutura de rede global. Conectados à Internet, os objetos passariam a interagir entre eles e com as pessoas, a exemplo da geladeira que seria capaz de identificar a falta de alimentos no estoque e acrescentar produtos à lista de compras.

Segundo o organizador do evento no Brasil, o Prof. José Roberto de Almeida Amazonas, que é pesquisador e ex-coordenador do Laboratório de Comunicações e Sinais da Poli, o evento vai abordar desde aspectos de infraestrutura, aplicações e padronização de tecnologia até questões sócio-econômicas, de segurança e privacidade, e jurídicas. Além de docentes, pesquisadores, desenvolvedores da área, o CASAGRAS2 é de interesse também de executivos e empresários. “A Internet das Coisas abre um campo de aplicações que só é limitado pela nossa imaginação”, afirma Amazonas.

Aplicações – Manufatura controlada pelo próprio objeto, trace e tracking de produtos agrícolas e pecuários, home/health care e vida assistida são alguns exemplos de aplicação. “Pelo projeto de vida assistida, por exemplo, será possível monitorar o dia-a-dia de pessoas idosas, facilitando e conferindo mais segurança à vida de quem mora sozinho”, afirma Amazonas. “O idoso é assistido nos principais aspectos de sua vida – desde a sua movimentação pela casa, monitoramento de seus sinais vitais até sua inclusão social pela promoção de contato com familiares e amigos”, explica ele, lembrando que este é apenas um entre dezenas de projetos que já estão na fase piloto.

Por trás de tudo isso, há um intenso trabalho de P&D, estimulado em grande parte pelo CASAGRAS2 – projeto inserido no 7º Programa-Quadro (Seventh Framework Programme – FP7) da União Europeia que até 2013 destinará 50,521 bilhões de euros para atividades de P&D, muitas delas em parceria com outros países.

Segundo Amazonas, o conceito IoT se baseou inicialmente em tecnologias habilitadoras como a Identificação por Radiofrequência (RFID) ou redes sem fio de sensores e atuadores (Wireless Sensor and Actuator Networks –WSAN), mas atualmente cobre uma grande variedade de dispositivos com diferentes capacidades de computação e comunicação – genericamente designados por Networked Embedded Devices (NED).

Assim como de início sua aplicação se limitava ao gerenciamento de cadeia de suprimentos e logística, ideias mais recentes levaram a IoT a uma visão mais abrangente para integrar o mundo real na Internet – a Real World Internet (RWI). “Espera-se que a RWI e a IoT venham a colaborar com outros conceitos emergentes como a Internet de Serviços (Internet of Services – IoS) e com a Internet da Energia (Internet of Energy – IoE). E é claro que a IoT terá um impacto muito forte sobre a maneira de interação entre o mundo virtual e o físico, contribuindo de maneira geral para o esforço da Internet do Futuro”, finaliza.

Serviço: As inscrições para o CASAGRAS2 são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou pelo site www.casagras2.com.br. As vagas são limitadas. Veja aqui a programação, que inclui um curso sobre os aspectos técnicos da IoT. O evento será realizado no auditório “Francisco Romeu Landi” do prédio da Administração da Escola Politécnica (Av. Prof. Luciano Gualberto, travessa 3, nº 380, Cidade Universitária, São Paulo).