Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Divulgados os vencedores do 10º Prêmio de Qualidade Poli Júnior

Divulgados os vencedores do 10º Prêmio de Qualidade Poli Júnior

A Poli Júnior, empresa júnior da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) divulgou ontem, 11 de novembro, os vencedores do 10º Prêmio de Qualidade Poli Júnior, em cerimônia realizada no auditório da Faculdade de Engenharia Mecânica, no campus da USP no Butantã, em São Paulo. O primeiro lugar na categoria projetos planejados, que ainda estão em execução, ficou com o projeto Layout PresMed. O vencedor na categoria executados foi o projeto SI-4K.

O projeto Layout PresMed propôs uma nova organização da fábrica da PresMed, pequena empresa do setor médico e odontológico, localizada em São Paulo. Já no projeto SI-4K os estudantes desenvolveram um software para organizar os sistemas de informação para gestão da 4K Assessoria Educacional, empresa paulistana que oferece aulas particulares de acompanhamento e reforço para alunos do ensino fundamental, médio e superior.

A Poli Júnior é uma associação civil sem fins lucrativos,constituída e gerida exclusivamente por alunos da Escola Politécnica da USP. Os alunos utilizam as estruturas laboratoriais e contam com o auxílio de professores e pesquisadores da instituição para analisar problemas apresentados pelos seus clientes, empresas e entidades que procuram pela Poli Júnior com algum gargalo a ser resolvido por meio da engenharia e inovação tecnológica.

O objetivo do Prêmio de Qualidade Poli Júnior é disseminar as boas práticas e atitudes inovadoras entre os membros da empresa, e propiciar o reconhecimento dos membros que gerenciaram e executaram projetos na área de gestão com excelência. Na 10ª edição da premiação, concorreram quatro projetos, dois em cada categoria. As equipes fizeram uma apresentação dos projetos e a plateia e a banca preencheram formulários de avaliação sobre cada uma das propostas para seleção dos melhores. Ao final do evento, foram conhecidos os campeões.

Na abertura, José Roberto Cardoso, diretor da Escola Politécnica, afirmou que a engenharia vive um momento especial, de valorização, demonstrada pelo fato de o curso mais procurado na Fuvest esse ano ser o de Engenharia Civil. Tradicionalmente, medicina é o que ocupa o primeiro lugar no vestibular da Fuvest. “Engenharia se faz com projetos bem feitos e no Brasil temos uma deficiência, que é ter engenheiros que saibam fazer bons projetos”, destacou.

Cardoso também ressaltou a importância da Poli Júnior no fomento à cultura empreendedora. “Na história da Escola Politécnica, primamos pelo empreendedorismo profissional. Isso é algo que se aprende na escola, empreendedorismo não é algo intuitivo, pelo contrário, empreendedor não gosta de risco, ele faz planejamento”, comentou.

O diretor disse ainda que a Escola Politécnica está cada vez mais preocupada em atender o novo perfil de aluno que chega até a universidade. “Temos alunos com uma nova postura, é uma geração que desenvolve múltiplas tarefas, quer um salário alto logo no início da carreira”, enumerou. “Nossos cursos precisam ser atraentes, usar maciçamente as tecnologias disponíveis, não podemos praticar a velha engenharia”, acrescentou.