Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Comunicação Notícias Arquivo de notícias Poli/USP e Imperial College firmam convênio inédito de duplo diploma de doutorado

Poli/USP e Imperial College firmam convênio inédito de duplo diploma de doutorado

O processo de internacionalização da Universidade de São Paulo conquista mais um avanço na busca da excelência acadêmica e profissional. A Escola Politécnica acaba de assinar um convênio inédito com o Imperial College of Science, Technology and Medicine, de Londres, que garantirá aos pesquisadores das duas instituições o duplo diploma de doutorado em apenas quatro anos.

Inicialmente, o convênio envolverá alunos do Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica da Poli e do Departamento de Engenharia Aeronáutica do Imperial. Eventualmente, haverá a possibilidade de alunos de outros programas participarem na medida em que for dado prosseguimento às atividades do convênio. As inscrições para obter a dupla titulação já estão abertas na Secretaria de Pós-graduação do Programa de Engenharia Mecânica da Poli-USP.

Segundo o vice-diretor da Poli, José Roberto Castilho Piqueira, “este é o primeiro acordo do gênero que a Poli estabelece com uma instituição estrangeira”. A escola inglesa está entre as 10 melhores do mundo, na avaliação do Times Higher Education, do Reino Unido. No mesmo ranking, a universidade brasileira é eleita a melhor da América Latina.

Pelo acordo, o pesquisador terá que cumprir dois anos no Brasil e dois anos na Inglaterra e terá seu trabalho acadêmico coordenado por professores das duas universidades. O duplo diploma valerá para o Programa de Pós-graduação stricto sensu em Engenharia Mecânica.

Em recente artigo publicado no Jornal da USP, o diretor da Poli, professor José Roberto Cardoso, destaca que "o processo de internacionalização da educação superior tornou-se irreversível e exige o engajamento das grandes universidades". Ele relata que atualmente 3 milhões estudantes estão fora do seu país, e a expectativa é que em 2025 esse número suba para 8 milhões. Ele cita, por exemplo, que no Reino Unido 30% dos estudantes de pós-graduação são de fora do país.

Para o professor Julio Meneghini, coordenador do Núcleo de Dinâmica e Fluidos (NDF) da Poli, a vantagem do acordo é que o duplo diploma de doutorado poderá ser obtido em apenas quatro anos. "Com a economia brasileira crescendo, o estudante brasileiro não quer mais ficar muito tempo no exterior. Com este acordo, ele pode ficar apenas dois anos na Inglaterra e dois anos na USP e obter o duplo diploma", afirma.

Além disso, a Inglaterra, e o Imperial College em particular, tem uma longa tradição em pesquisa aplicada e interação acadêmica com a indústria. O aluno envolvido no programa terá oportunidade de vivenciar isso, participando de atividades de pesquisa num ambiente altamente produtivo, com orientadores com elevados índices de produção científica e de citações. Inclusive este é o principal motivo do Imperial estar entre as 10 melhores universidades no mundo.

Meneghini ressalta ainda que o convênio poderá vir a melhorar ainda mais a avaliação do curso na Capes. O Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica da Poli é nota 6 na Capes. Com o convênio, há chance obter a nota máxima 7.

No início do convênio serão admitidos dez pesquisadores, sendo cinco de cada país. O pesquisador deverá atender vários requisitos, como defender a tese em inglês, ter dois orientadores e obter uma nota média acima de 7 na graduação.

O aluno deve passar pelo mesmo processo seletivo de um estudante que pretende fazer o doutorado somente na Poli. A seleção será feita por uma comissão bilateral, composta por três professores de cada instituição. Os professores brasileiros da comissão são Silvio de Oliveira, José Reinaldo Silva e Julio Meneghini.

As áreas de interesse das duas instituições são: aerodinâmica, hidrodinâmica, dinâmica de fluidos computacional e bioengenharia. O professor Meneghini frisa que são áreas cruciais para aprimorar a infraestrutura da engenharia nacional, como a prospecção de petróleo em águas profundas, a concepção de aeronaves de baixo ruído e desenvolvimento de técnicas complexas da bioengenharia e da engenharia naval.

________________

Serviço

Informações na secretaria do Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica da Poli/USP

Av. Prof. Mello Morais, 2231

Prédio de Engenharia Mecânica e Mecatrônica - 1º andar

Cidade Universitária - SP

Telefones: 3091-9055/5320