Escola Politécnica da USP

usp.br

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Outras atividades

{slide=Estágios}

A Escola Politécnica reconhece dois tipos de estágios:

  • os não obrigatórios (não incluídos no currículo escolar)
  • e obrigatórios (incluídos no currículo, contando como crédito para as disciplinas).
Os alunos da escola podem participar do programa de estágio, nos cursos de graduação, a partir do terceiro ano. 

O objetivo do estágio é que aluno complemente sua formação participando de treinamento prático e realizando aperfeiçoamento técnico, cultural e científico em empresa, órgão público ou instituição de pesquisa.

Cada estágio deve ser planejado, realizado, acompanhado e avaliado levando em conta os currículos, programas e calendários escolares dos cursos.

{/slide}

{slide=Iniciação Científica}

O Programa de Iniciação Científica (PIC) da USP visa despertar a vocação científica e incentivar novos talentos entre estudantes de graduação. Para tanto, o PIC concede bolsas de custeio para atividades de iniciação científica. Periodicamente, a Pró-Reitoria de Pesquisa da USP divulga editais de abertura de inscrições para selecionar candidatos às bolsas.

  • Clique aqui para acessar a página de Pesquisa na Graduação

{/slide}

{slide=Monitoria}

Estudantes da Escola Politécnica podem atuar como monitores, função de consiste em auxiliar nas atividades de pesquisa, no preparo de material didático e na realização de trabalhos práticos. Os alunos monitores podem ser beneficiados com bolsas ou não. A vantagem de ser um aluno monitor é que essa função é considerada título para posterior ingresso na carreira de docente.

A função de monitor pode ser exercida por alunos que tenham obtido bom rendimento nas disciplinas cursadas. Para se candidatar a uma vaga, o aluno deve se inscrever em processo seletivo realizado anualmente pelos departamentos da Poli.

Veja aqui os regulamentos da USP e da Poli.

{/slide}

{slide=Poli Cidadã}

Implantado em 2004, o Programa Poli Cidadã tem como objetivo estimular alunos e professores a realizar projetos sociais e estreitar a relação da Universidade com a sociedade.

O aluno pode participar do programa de duas formas:

  • atividades intensivas – visita a comunidades carentes para ajudar a resolver os problemas identificados na área de Engenharia
  • atividades extensivas - realiza seu trabalho de conclusão de curso desenvolvendo um projeto social proposto por ele ou incluído entre os temas solicitados pelas instituições parceiras. Saiba mais

{/slide}