O Instituto de Física da USP abriu vagas para pesquisadores

Vagas para pós-doutorado no Instituto de Física da USP

O Instituto de Física (IF) da USP abriu vagas para realização de pesquisas. Há uma vaga destinada para pós-doutorado no projeto “Termoeletricidade e transporte térmico em materiais topológicos”. A vaga é uma bolsa FAPESP (24 meses + 12 meses) no valor de R$ 7.373,10 mensais e o projeto sediado é supervisionado pela professora Valentina Martelli. É desejado que o candidato tenha experiência em física da matéria condensada, experiência em técnicas experimentais para a determinação de propriedades físicas em baixa temperatura, filmes finos e inglês fluente. A aplicação para vaga deve ser enviada para o e-mail martelli@if.usp.br, com currículo, carta de motivação e dois contatos de referências. Saiba mais informações.

Há outra vaga no projeto “Problemas de física ligados às questões ambientais”. O pesquisador selecionado irá estudar o crescimento higroscópico das partículas de aerossol na Amazônia combinando um radar laser (Lidar) e um radiômetro de micro ondas (MWRP), para calcular o fator de crescimento das partículas em função da umidade na atmosfera. O financiamento é da Pró-reitoria de pesquisa da USP, no valor de R$3.800 mensais por até 12 meses, com início imediato. Podem concorrer doutores em Física, Ciências Atmosféricas ou áreas afins. Para se aplicar é preciso enviar currículo para o pesquisador Henrique Barbosa em hbarbosa@if.usp.br.

 

Vagas de Iniciação Científica no Instituto de Física da USP

O Laboratório de Física Atmosférica do IF tem 4 bolsas de Iniciação Científica para início imediato. Os alunos interessados irão trabalhar na aplicação da física às questões ambientais. Podem concorrer estudantes  de Física, Ciências Atmosféricas ou áreas afins, com bom histórico escolar.  Para se candidatar, envie email para o professor Henrique Barbosa em hbarbosa@if.usp.br.

A primeira vaga é para Iniciação Científica, com Bolsa PIBIC de R$400 e início imediato, no projeto “Medida de aerossóis na Amazônia utilizando lidar Raman”. O bolsista irá trabalhar com dados de um radar laser (lidar) que realiza medidas na Amazônia. Desenvolverá rotinas em Python para aplicar o método de inversão Raman, obtendo simultaneamente o perfil vertical do coeficiente de retro-espalhamento e de extinção de partículas de aerossol, em função da altitude. Os resultados serão validados com simulações numéricas.

A vaga para Iniciação Científica no projeto “Medidas de propriedades físico-químicas de aerossóis em filtros” também fornecerá bolsa de R$500 mensais. O bolsista irá trabalhar na preparação de filtros de Nuclepore, Teflon e quartzo para coleta de material particulado na Amazônia. Será responsável pela análise por gravimetria para determinação da massa e de refletância para determinação da concentração de BC. Irá trabalhar junto com um Pós-doutorando na análise da composição elementar por fluorescência de Raios-X.

Também há vaga de Iniciação Científica no projeto “Simulação da ativação de partículas de aerossol como gotas de nuvem”, no qual o bolsista irá aprender sobre higroscopicidade de aerossóis e avançará no desenvolvimento de um modelo numérico que simula o crescimento de partículas de aerossol na presença de supersaturação de vapor de água. Irá implementar o crescimento higroscópico de uma população de aerossóis em uma parcela de ar ascendente, simulando os estágios iniciais de formação de uma nuvem.

Há vaga Iniciação Científica no projeto “Ocorrência de neblina na torre ATTO a partir de medidas de um lidar”. O bolsista irá aprender sobre a técnica de sensoriamento remoto com laser e irá utilizar medidas de um Lidar (radar laser) instalado no Observatório da Torre Alta da Amazônia (ATTO) para calcular a frequência de ocorrência de nuvens. A informação será cruzada com as medidas de aerossóis, para identificar o efeito da formação de neblina nas partículas de aerossóis.

 

Vagas de doutorado na Universidade de Valência

Também há 2 vagas de doutorado na Universidade de Valência, Espanha, em parceria com  o IFUSP. A primeira vaga é para o projeto “PAb initio simulations of 2D materials heterostructures”

Project: 2D materials heterostructures offer attractive opportunities to design quantum materials. With the recent arrival of magnetic 2D materials, the combination of semiconducting and magnetic 2D materials is especially interesting to study magnetic proximity interactions and to investigate novel quantum states. The project deals with the application of ab initio methods and development of theoretical tools to study optical excitations in semiconducting-magnetic 2D materials heterostructures, with focus in exciton and spin physics. In addition, the project will be carried out in collaboration with experimentalists from ICMUV working with spin resolved ARPES and other spectroscopy techniques.

Duration: 4 years with possibility of one-year extension with a postdoctoral contract. The position is part of the project Novel Quantum States in 2D Materials Heterostructures, funded by the Spanish Government.

Qualifications: Applicants should have a master’s degree or/and in conditions of being admitted in the Doctoral School of the University of Valencia at the time of starting the contract. Studies in Physics, Chemistry or Materials Science, are preferred. Some background in solid-state physics, ab initio methods and/or software development will be positively valued.

Application: Applications must be sent to Dr. Alejandro Molina-Sánchez (alejandro.molina@uv.es) and Prof. Alberto García-Cristóbal (alberto.garcia@uv.es) with a CV and a brief statement of interest. For more information visit the group website (http://www.uv.es/amosan3).

A segunda vaga é para o projeto “Modeling of magnons in magnetic 2D materials”

Project: A promising alternative to the use of electronics for transporting information is the use of other electron properties like the spin (spintronics) or spin-waves (magnon spintronics or magnonics). An interesting platform for development of novel electronics are 2D materials beyond graphene and in particular, magnetic 2D materials. The project aims to investigate the properties of magnons in 2D materials by developing a theoretical framework based in ab initio methods and many-body perturbation theory. In addition, the project will be carried out in collaboration with Dr. Davide Sangalli from the Istituto di struttura della materia (ISM) of the CNR in Rome.

Duration: 4 years of full-time contract. The position is part of the project Magnons in magnetic 2D materials for a novel electronics (2DMAGNONICS), funded by the Generalitat Valenciana.

Qualifications: Applicants should have a master’s degree or in conditions of being admitted in the Doctoral School of the University of Valencia at the time of starting the contract. Studies in Physics, Chemistry or Materials Science, are preferred. Some background in solid-state physics, ab initio methods and software development will be positively valued.

Application: Applications must be sent to Dr. Alejandro Molina-Sánchez (alejandro.molina@uv.es) and Dr. Davide Sangalli (davide.sangalli@ism.cnr.it) with a CV and a brief statement of interest. For more information visit the group website (http://www.uv.es/amosan3).