Edital EP 036/2016 – Processo Seletivo – PME – Especialidade: “Materiais”

EDITAL EP036/2016 – EDITAL DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO E CONVOCAÇÃO PARA AS PROVAS

O Diretor da Escola Politécnica da USP, Prof. Dr. José Roberto Castilho Piqueira, torna público a todos os interessados que, de acordo com o decidido pelo Conselho Técnico Administrativo, em sessão realizada em 23/06/2016, estarão abertas pelo prazo de 12 dias, no período de 25/07/2016 a 05/08/2016, das 09h00 às 11h00 horas ou das 14h00 às 16h00, as inscrições para contratação de docente por prazo determinado, cargo/claro nº 1246186, como Professor Contratado III (Professor Doutor), recebendo o salário de R$ 1.795,81, em Jornada de 12 horas semanais de trabalho, junto ao Departamento de Engenharia Mecânica, na especialidade ”Materiais”.

1 – As inscrições serão feitas na secretaria do Departamento de Engenharia Mecânica (Av. Prof. Mello Moraes, 2231 – Prédio de Engenharia Mecânica e Naval), devendo o candidato apresentar:

I – cópia da cédula de identidade (RG/RNE, OU PASSAPORTE);

II – cópia do CPF;

III – prova de que é portador do titulo de Doutor, outorgado ou reconhecido pela USP ou de validade nacional.

§ 1º – A inscrição deverá ser feita pelo candidato ou por seu procurador legalmente constituído.  No caso de Procurador, o portador deverá apresentar os documentos do candidato.

§ 2º – Não serão recebidas inscrições pelo correio, por email, por fax ou por qualquer outro meio.

2 – O processo seletivo terá validade imediata exaurindo-se com a convocação e eventual contratação do (s) aprovado (s).

3 – Atribuição da função: os candidatos aprovados, ao serem contratados, deverão ministrar a (s) seguinte (s) disciplina (s):

Disciplinas da Estrutura Curricular 3 (EC-3)

PME3220 – Propriedades e Estrutura dos Materiais

PME3430 – Materiais para Construção Mecânica

PME3431 – Seleção de Materiais para Engenharia Mecânica

4 – A seleção será realizada seguindo critérios objetivos, por meio de atribuição de nota (s) em prova (s), que será (ão) realizada (s) em uma única fase, na seguinte conformidade:

A) Prova Escrita

§ 1º – A prova escrita que versará sobre o programa base do concurso, será realizada de acordo com o disposto no artigo 139 e seu parágrafo único do Regimento Geral da USP:

§ 2º – A comissão organizará uma lista de dez pontos, com base no programa do concurso e dela dará conhecimento aos candidatos, vinte e quatro horas antes do sorteio do ponto;

§ 3º – Sorteado o ponto, inicia-se o prazo improrrogável de cinco horas de duração da prova;

§ 4º – Durante sessenta minutos, após o sorteio, será permitida a consulta a livros, periódicos e outros documentos bibliográficos de uso público, não em meio eletrônico, que o candidato tiver levado para o local da prova, da qual não lhe será permitido ausentar-se durante esse período;

§ 5º – As anotações efetuadas durante o período de consulta poderão ser utilizadas no decorrer da prova, devendo ser feitas em papel rubricado pela comissão e anexadas ao texto final;

§ 6º – A prova, que será lida em sessão pública pelo candidato, deverá ser reproduzida em cópias que serão entregues aos membros da comissão julgadora, ao se abrir a sessão;

§ 7º – Cada prova será avaliada pelos membros da comissão julgadora, individualmente.

B) Prova Didática

5 – A prova didática será pública, com a duração mínima de 40 (quarenta) e máxima de 60 (sessenta) minutos, e versará sobre o programa base do concurso, nos termos do art. 137, do Regimento Geral da USP.

§ 1º – O sorteio do ponto será feito 24 horas antes da realização da prova didática;

§ 2º – O candidato poderá utilizar o material didático que julgar necessário.

§ 3º – O candidato poderá propor substituição dos pontos, imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados, se entenderem que não pertencem ao programa do concurso, cabendo à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a procedência da alegação.

§ 4º – Os candidatos que se apresentarem depois do horário estabelecido não poderão realizar as provas.

6 – Os pesos das provas são os mesmos estabelecidos no Regimento das Unidades, e para o cálculo da média individual, a soma dos pesos será o quociente de divisão.

7 – Serão considerados habilitados os candidatos que alcançarem, da maioria dos examinadores, nota mínima sete.

8 – A comissão de Seleção deve definir o primeiro colocado pela maioria das indicações dos membros da Comissão Excluído o primeiro colocado, a Comissão deverá, dentre os candidatos remanescentes, escolher o segundo colocado pela maioria das indicações de seus membros, e assim, sucessivamente.

9 – Havendo empate, a Comissão de seleção desempatará mediante justificativa, levando em consideração a média global, obtida pelos candidatos com todos os examinadores.

10 – O programa base do concurso será o seguinte:

A. Propriedades e Estrutura dos Materiais

1. Estrutura da matéria: estrutura dos sólidos: cristalinos, amorfos e vítreos; empacotamento atômico. Defeitos em sólidos: lacunas e discordâncias.

2. Formação da microestrutura: Diagrama de fases.

3. Propriedades mecânicas dos materiais, revisão de elasticidade, conceito de resistência ideal, deformação de monocristais.

4. Deformação de polímeros.

5. Dureza de materiais.

6. Mecanismos de endurecimento dos materiais (solução sólida, precipitação, encruamento, transformação martensítica e tratamento de superfície).

7. Transformações isomorfas, eutética e peritética. Transformação eutetóide e curvas TTT e de resfriamento contínuo.

8. Tratamento térmico de metais: ligas ferrosas, ligas de alumínio (Recozimento, normalização, austêmpera, martêmpera, têmpera e revenido, envelhecimento).

B. Materiais para Construção Mecânica

1. Aços, aços ferramenta, aços inoxidáveis, ferros fundidos, ligas de: alumínio, cobre, estanho e anti-fricção.

2. Materiais poliméricos: termorrígidos, plásticos; elastômeros.

3. Materiais cerâmicos e vidros; cerâmicas avançadas; cerâmicas para sensores (piezoelétricos).

4. Materiais compósitos.

5. Principais tratamentos de superfície.

C. Seleção de Materiais para Engenharia Mecânica

1. Critérios de seleção de materiais e índice de desempenho.

2. Seleção de materiais e análise de seu comportamento para aplicações sob a ação de: Cargas estáticas, cargas impulsivas e cargas dinâmicas (fadiga).

3. Deformação em alta temperatura (fluência).

4. Deformação em temperaturas criogênicas. Seleção de materiais e análise de seu comportamento para baixas temperaturas (transição dútil-frágil e NDT – temperatura de dutilidade nula).

5. Seleção de materiais e seu comportamento quando submetidos a solicitações tribológicas (desgaste e atrito).

6. Seleção de materiais e seu comportamento quando exposto em meios corrosivos. Corrosão sob tensão.

Referências básicas:

Callister, William D., Materials science and engineering: an introduction. 8ed. New York: John Wiley, 2009. 1000p.

Shackelfor, James F., Ciência dos materiais. 6ed. S. Paulo: Pearson Prentice Hall, 2008. 556p.

Smith, Willian F., Hashemi, Javad, Fundamentos de engenharia e ciência dos materiais.  5ed.   Porto Alegre:  AMGH Editora, 2012. 734p.

Meyers, M. A., Chawla K. K., Mechanical Behavior of Materials. Prentice Hall, 1999, 680p.

Dieter, G. E. Mechanical Metallurgy, McGraw Hill, New York,1986, 751p.

Hertzberg, R.W., Vinci, R.P., Hertzberg, J.L., Deformation and Fracture Mechanics of Engineering Materials, 5a Edição, Wiley, 2012, 784 p.

Van Vlack, L. H., Princípios de Ciência e Tecnologia dos Materiais, Editora Campus, 1994 568p.

Kalpakjian, S., Schmid S., Manufacturing Engineering and Technolnogy, 7a edição, Pearson, 2013, 1224p.

Murray, G.T., Introduction of Engineering Materials, 2a Edição, CRC Press, 2007,542p.

Richerson, D. W., Modern Ceramic Engineering, 3a Edição, CRC Press, 2005, 707p.

Engineering Materials Handbook vol 1 (Composites 1987), 2 (Plastics 1988). ASM International. New York.

Metals Handbook vol 1 (1993), Vol 2(1994) e Vol 3 (1995). ASM International N. York

Ashby, M. F. – Materials Selection in Mechanical Design, Butterworth, Oxford, 1999, 502 p.

CRC Elsevier Materials Selector, Vols 1, 2 e 3, Chapman & Hall, 1994.

Ashby, M.F., Jones, D.R.H. Engineering Materials 1 e 2, 4a Edição, Butterworth-Heinemann, 2012.

Programa baseado nas disciplinas:

PME3220 – Propriedades e Estrutura dos Materiais

PME3430 – Materiais para Construção Mecânica

PME3431 – Seleção de Materiais para Engenharia Mecânica

11 – O (s) candidato (s) deverá (ão) comparecer no dia 11/08/2016, das 09h00 às 11h00 horas ou das 14h00 às 16h00, na secretaria do Departamento de Engenharia Mecânica, na Av. Prof. Mello Moraes, 2231 – Prédio de Engenharia Mecânica e Naval, para o conhecimento do cronograma das provas. O não comparecimento implicará automaticamente a desistência do candidato.

12 – O resultado do processo seletivo será homologado pelo CTA.

13 – A contratação será por prazo determinado e vigorará a partir da data do exercício e até 31/07/2017, nos termos estabelecidos na Resolução nº 5.872, publicada no D.O.E. de 29/09/2010, alterada pela Resolução n° 6060/2012, publicada no D.O.E. de 28/02/2012, com possibilidade de prorrogações, desde que a soma dos períodos não ultrapasse o prazo de dois anos.

14 – Os docentes contratados por prazo determinado ficarão submetidos ao Estatuto dos Servidores da Universidade de São Paulo e vinculados ao Regime Geral da Previdência Social – RGPS.

15 – São condições de admissão:

Estar apto no exame médico pré-admissional realizado pela USP.

Ser autorizada a acumulação, caso o candidato exerça outro cargo, emprego ou função pública.

Maiores informações, bem como as normas pertinentes ao processo seletivo, encontram-se à disposição dos interessados no Serviço de Órgãos Colegiados e Concursos da Escola Politécnica da USP ou pelo email