Engenharia Elétrica, ênfase em Sistemas Eletrônicos (Modalidade Semestral)

A concepção de circuitos integrados, aliada ao desenvolvimento de suas etapas de fabricação, é uma das áreas de atuação deste engenheiro, o que envolve o conhecimento não apenas de circuitos eletrônicos, mas também dos fenômenos físicos. Outro campo de atuação refere-se ao desenvolvimento de computadores de alto desempenho, o que implica no projeto de arquiteturas computacionais mais poderosas. O engenheiro de sistemas eletrônicos formado pela Escola Politécnica também é habilitado para projetar sensores e atuadores em diversas aplicações. Outras áreas em que este engenheiro está capacitado a atuar referem-se ao processamento digital de sinais e à bio-informática, na qual a engenharia é utilizada para estudo e controle de atividades desempenhadas por seres vivos.