Confira como foi a posse dos novos Professores Titulares da Poli

Na noite de ontem, dia 16 de dezembro de 2021, das 18h às 19h45, a Escola Politécnica (Poli) da USP realizou o evento de recepção aos novos professores titulares. A cerimônia aconteceu presencialmente no auditório “Prof. Francisco Romeu Landi” no prédio da Administração da escola com transmissão simultânea pelo Canal do YouTube da Escola.

Foram empossados no cargo de Professor Titular os docentes Marcelo Martins Seckler, do Departamento de Engenharia Química (PQI); Douglas Gouvêa e Cláudio Geraldo Schöen, do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais (PMT); José Roberto Simões Moreira, do Departamento de Engenharia Mecânica (PME); Jaime Simão Sichman, do Engenharia de Computação e Sistemas Digitais (PCS); Cláudio Barbieri da Cunha, do Departamento de Engenharia de Transportes (PTR); e Débora Pretti Ronconi, do Departamento de Engenharia de Produção (PRO).

 

Os novos professores titulares da Poli [Imagem: acervo da Escola Politécnica]

A professora Liedi Bernucci abriu o evento abordando sobre a importância do cargo de professor titular e, por consequência, a importância do evento para a Poli, os docentes e seus familiares. Ela agradeceu a presença da mesa, dos professores titulares, dos alunos, dos representantes do Grêmio e dos espectadores.

O Reitor da USP, professor Vahan Agopyan, em vídeo, saudou os novos professores titulares. Ele ressaltou que dentro da Universidade existem cerimônias muito tocantes, entre elas, está a posse formal dos novos professores titulares, porque esses docentes são os responsáveis pelo futuro da Poli e da USP e, com isso, o futuro das pesquisas, ensino e funcionamento da Universidade. O Reitor deu boas-vindas aos novos professores titulares e os parabenizou.

O professor André Paulo Tschiptschin, do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Poli e decano da Congregação, fez a condução dos novos professores titulares ao auditório seguindo as normas da solenidade. Márcia Costa Pinto Barros fez a leitura do Termo de Posse dos Novos Professores Titulares da Escola Politécnica da USP.

O professor Silvio Ikuyo Nabeta fez a saudação aos novos professores titulares. Ele iniciou comprimentando a mesa, a congregação, os novos titulares, as famílias e a plateia. Em seu discurso, falou que atingir o status de Titular, topo da carreira docente, é uma grande honra e reconhecimento da trajetória dos professores. O grupo de novos titulares é formado por sete professores com atuação no ensino, na pesquisa, na extensão e nas atividades administrativas e com passagem em instituições internacionais de prestígio.

Nabeta fez uma apresentação contando curiosidades e detalhes da vida pessoal dos novos professores titulares. Ele começou pela docente Débora Pretti Ronconi, que gosta de ler, caminhar e de festas em família, as quais ela chama de “farofa familiar”.

O professor José Roberto Simões Moreira é casado com Maria e pai de Clarisse e Débora. Seu passatempo é pescar, principalmente novos talentos.

O docente Douglas Gouvêa é o marido de Simone e o pai de Matheus e Sandrine. Quando Douglas era criança, ele ganhou de presente o conjunto Pequeno Químico, o que prenunciou sua futura vocação.

O professor Marcelo Martins Seckler gosta de futebol, participa ativamente de movimentos de revitalização de espaços públicos e é casado com Thaís, com quem tem dois filhos, Pedro e João. Na adolescência, realizou um teste vocacional que o apontou para a carreira de arquiteto, a qual ele não seguiu.

O docente Cláudio Barbieri da Cunha é casado com Beatriz, tem dois filhos, Thiago e Nathalia, e o enteado André. Na infância, recebeu os primeiros incentivos para ser Engenheiro Civil vindos de seu pai Clóvis, engenheiro civil politécnico, e do seu avô Ivo, que trabalhava na construção civil. O jovem tímido tornou-se um professor eloquente e entusiasmado.

O professor Jaime Simão Sichman é casado com Isabel. Ele é um profissional competente e dedicado e um ser humano de excepcional qualidade.

O docente Cláudio Geraldo Schöen é casado com Edimaria e pai da Estela. Acredita que o seriado Star Trek, assistido na infância, o influenciou na escolha profissional pelas ciências. Ele gosta de escutar hard rock e heavy metal.

O professor Nabeta finalizou sua participação felicitando os novos professores titulares e falando que a nova posição não é o fim do caminho, mas o começo de novas oportunidades.

O professor Jaime Simão Sichman discursou em nome dos novos professores titulares. Leia o discurso na íntegra aqui.

A professora Liedi Bernucci realizou a entrega dos certificados aos novos professores titulares. O professor e futuro diretor da Poli, Reinaldo Giudici, iniciou o seu discurso cumprimentando a mesa, os novos professores titulares e os seus familiares. Ele falou que essa cerimônia é muito importante, porque ela mostra que as lideranças da Poli estão sendo renovadas, e que os novos titulares têm o papel de serem os novos líderes da Escola. Ele reforçou que a Poli é mais forte quando todos trabalham juntos e desejou que os novos docentes continuem a fazer o excelente trabalho que já fazem na Escola. Ele finalizou agradecendo e parabenizando os novos membros.

 

Reinaldo Giudici, professor e futuro diretor da Poli em seu discurso de cumprimento aos novos professores titulares [Imagem: acervo da Escola Politécnica]

 

Na sequência, a professora Maria Arminda do Nascimento Arruda, futura vice-reitora da USP, tratou em sua fala que a Universidade é ao mesmo tempo uma instituição que abre as portas para todos e também é um lugar de celebração. Já que a Universidade não existe sem comemorações de passagem, como a própria vida que é cheia de rituais, e, para ela, a posse dos novos professores é uma cerimônia de enorme importância. Ela comentou que sempre fica feliz quando visita a Poli, visto que a escola mantém a tradição e a modernidade. Terminou agradecendo o convite para participar do evento e cumprimentando os membros da mesa e os novos professores titulares.
O futuro Reitor da USP, professor Carlos Gilberto Carlotti Júnior, prosseguiu com os discursos saudando a toda a comunidade politécnica. Ele relatou que ser politécnico representa que a pessoa veio de uma Escola com qualidade, tradição e ética, que ela tem o melhor conhecimento e teve as melhores oportunidades, isso credencia a pessoa para as melhores oportunidades profissionais e sociais. Ele terminou agradecendo a Poli por colaborar com a Universidade de São Paulo.

A professora Liedi finalizou a cerimônia parabenizando os novos professores titulares e agradecendo a presença de toda a mesa. Ela comentou que a Poli é uma Escola de 127 anos, que tem muita tradição e está sempre olhando para o futuro, com o intuito de apoiar a sociedade, o desenvolvimento tecnológico e a indústria para gerar riqueza para todos. Ela acredita que os novos titulares irão dar seguimento a essa missão sempre olhando para o futuro.

Confira o discurso do professor e Vice-diretor da Poli, Silvio Nabeta na íntegra.

Assista a cerimônia na íntegra.