Academia Nacional de Engenharia cria Capítulo no Estado de São Paulo

Vahan Agopyan, ex-reitor da USP e professor da Escola Politécnica da USP nomeado como primeiro coordenador das atividades do Capítulo paulista

A Academia Nacional de Engenharia deliberou pela criação de um Capítulo em São Paulo em sua última reunião, realizada no dia 26 de agosto de 2022. A instituição é uma associação profissional que reúne acadêmicos da universidade, do setor privado e público. “Engenheiros que se destacam em suas respectivas áreas”, explica o ex-reitor da USP, Vahan Agopyan, professor da Escola Politécnica da USP  nomeado como primeiro coordenador das atividades do Capítulo paulista, Estado que possui o maior número de acadêmicos depois do Rio de Janeiro.

Assim como a Academia Brasileira de Letras se dedica à língua e à literatura nacionais, a Academia Brasileira de Engenharia se dedica a discutir o futuro da engenharia com relação ao País. “Não há desenvolvimento sem engenharia”, ressalta Vahan. O papel da Academia não é competir com as atividades de outras instituições, mas sim se preocupar com a Engenharia de forma profissional. As Comissões permanentes tratam de assuntos como ensino, energia e inovação. Esses grupos se preocupam em analisar uma situação e buscar soluções para desafios que tangem a engenharia. 

 

Vahan detalha que há um desafio em inserção nos debates em um País continental como o nosso. “Este é o primeiro Capítulo. A ideia é replicar com a comunidade da engenharia local os temas discutidos em escala nacional, por meio de eventos e grupos de trabalho. Seria ótimo cada uma das Comissões da Academia ter Grupos de Trabalho com membros não acadêmicos dando sua contribuição”. Os planos para o Capítulo do Estado de São Paulo englobam discussões sobre educação e certificação em engenharia, energia e cidades e urbanização.

Print Friendly, PDF & Email