Elétricas x flex: qual a melhor alternativa para o Brasil?

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas (IPCC) apontou que as ações humanas, como a emissão de gases poluentes, estão causando uma crise climática. Para auxiliar na redução desse problema, a indústria automotiva está apostando na energia elétrica como fonte de combustível, por meio de veículos elétricos e híbridos. Em razão disso, algumas marcas já definiram até a data para o fim dos motores somente a combustão. “O paradigma do transporte do futuro são os elétricos”, garante Roberto Marx, professor da Fundação Vanzolini da Escola Politécnica (Poli) da USP.

Leia na íntegra.