Pesquisadores desenvolvem modelo geoidal mais preciso de SP

Pesquisadores da Escola Politécnica (Poli) da USP concluíram o desenvolvimento de um modelo geoidal (da forma do planeta Terra) mais preciso do estado de São Paulo. O projeto, desenvolvido no âmbito de um Projeto Temático Fapesp, a Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo, o modelo tem a possibilidade de ser útil na produção de mapas mais detalhados do estado e para a construção de grandes obras de engenharia, como a estruturação de estradas, usinas hidrelétricas e redes de esgoto e de irrigação.

“Podemos afirmar que, hoje, o modelo geoidal do estado de São Paulo tem uma consistência com o nivelamento realizado por GNSS de 20 centímetros. Isso representa a melhor marca que se tem no Brasil atualmente que, em média, é de 50 centímetros”, disse Gabriel do Nascimento Guimarães, responsável pela pesquisa de doutorado na Poli, sob orientação do professor Denizar Blitzkow.

Leia a matéria na íntegra.