Projeto PoliRetribua oferece bolsas de apoio a alunos politécnicos em situação de vulnerabilidade

Criado em 2017 na Escola Politécnica (Poli) da USP, o projeto PoliRetribua possui um time de engenheiros politécnicos e outros membros que cultivam vínculos com a Escola, a fim de acolher e apoiar alunos politécnicos em situações de vulnerabilidade. A iniciativa nasceu da necessidade de oferecer mentorias como auxílio para complementar as bolsas concedidas aos alunos.

“É alguém que se sente agradecido pela formação que recebeu, são engenheiros que atuam nas mais variadas áreas da tecnologia, economia, administração e indústria e são pessoas empáticas. Não são todos politécnicos, mas, de alguma forma, estão ligados à Escola. Tem pais de alunos, cientistas, matemáticos, etc”, comenta o professor da Poli e coordenador do projeto, Marcos Rodrigues, sobre o perfil dos mentores politécnicos do projeto. 

Leia na íntegra no Jornal da USP.