Livro sobre arqueologia e conhecimentos tradicionais da floresta Amazônica é publicado

O Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE) da USP, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), a Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) e comunidades ribeirinhas produziram o livro paradidático “Arqueologia e conhecimentos tradicionais nas comunidades ribeirinhas: da terra para lousa”.

O material foi gestado ao longo de 4 anos e saiu do papel por meio de um edital da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM). O livro nasceu da vontade de professores que atuam no interior do Estado do Amazonas e tem como foco a floresta amazônica, mas é uma ferramenta para ser utilizada em qualquer parte do país.

O lançamento ocorreu em novembro com professores das comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã e na Floresta Nacional de Tefé.

 

Acesse o pdf do livro nos links abaixo:

1- Portal de Livros Abertos da USP: Arqueologia e conhecimentos tradicionais nas comunidades ribeirinhas: da terra para lousa

2- Site do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá