antonio-luis-de-campos-mariani-81

Estudantes da Poli-USP vão ao ensino público compartilhar seus conhecimentos

Projetos voluntários dão apoio a alunos de ensino médio de escolas públicas da periferia de São Paulo

Muito além de ensinar física ou matemática, estudantes da Escola Politécnica da USP estão levando novas perspectivas a estudantes de ensino médio da rede pública na cidade de São Paulo. Do ensino de conceitos básicos à preparação mais ampla para o vestibular, quatro projetos são apoiados pelo programa de responsabilidade social Poli Cidadã e, em diferentes formatos, os voluntários tentam suprir lacunas na educação básica e dividir com os alunos suas visões sobre as oportunidades depois do ensino médio.

voluntarios-educacao-n

Na sexta-feira, dia 14 de agosto, representantes do Cursinho do Grêmio Politécnico, dos grupos Kali, Matemática em movimento e Potência, bem como do programa Poli Cidadã, se reuniram para trocar experiências e discutir técnicas pedagógicas e a evasão dos alunos ao longo do curso que oferecem. Os participantes do evento estimam que aproximadamente 120 alunos da Poli contribuem com os projetos que beneficiam mais de 400 estudantes do ensino médio público. A vice-diretora da Escola Politécnica da USP, professora Liedi Légi Bariani Bernucci, esteve presente e ressaltou a importância das atividades desenvolvidas pelos alunos. Segundo a professora, é motivo de orgulho para a Escola ter alunos envolvidos com projetos de alto impacto social e de cidadania, buscando soluções e o aprimoramento dessas atividades. “Essa solidariedade e essa vontade de melhorar o mundo me dá um otimismo muito grande, de ver pessoas dispostas e de coração aberta a tentar ajudar”.