carmen-cecilia-tadini-78

Poli cria embalagem comestível, biodegradável e antimicrobiana

Além de vantagens econômicas, o filme poderá reduzir a quantidade
de lixo que é gerada com as embalagens convencionais.

Um filme plástico comestível, biodegradável e com propriedades antimicrobianas, desenvolvido na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), poderá ser uma nova opção para a fabricação embalagens de alimentos. O novo produto, um polímero natural feito a partir de amido de mandioca e açúcares, é resultado do projeto de pós-doutorado da engenheira química Cynthia Ditchfield, do Laboratório de Engenharia de Alimentos, do Departamento de Engenharia Química da Poli.