pro

Trabalho da Poli é finalista em congresso internacional

Procedimento desenvolvido por aluno para avaliar defeitos em dutos usados na exploração de petróleo no mar é finalista em congresso nos Estados Unidos.

Um trabalho que desenvolveu procedimentos para avaliar a criticidade de eventuais defeitos estruturais em dutos e risers usados na exploração e produção de petróleo e gás em águas profundas, realizado na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), é finalista de um concurso organizado pela Sociedade Americana de Engenheiros Mecânicos (ASME, na sigla em inglês). Com o título Procedimento para avaliação da integral J e CTOD em tubulações contendo defeitos circunferenciais submetidas a carregamento combinado de flexão e pressão interna, o trabalho é de autoria do aluno Luís F. S. Parise, do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Engenharia Naval e Oceânica (PNV), da Poli.

Poli e Esalq criam portal na internet para comércio de produtos florestais

Objetivo é eliminar os atravessadores, que hoje ficam com a maior
parte da renda do comércio das comunidades ribeirinhas.

Um portal na internet para compra e venda de produtos florestais comunitários, que beneficiará comunidades extrativistas da Amazônia, está sendo desenvolvido em conjunto pelos departamentos de Engenharia da Computação e Sistemas Digitais (PCS) da Escola Politécnica (Poli) e de Ciências Florestais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), ambas da Universidade de São Paulo (USP). O projeto piloto deve começar a ser testado a partir do mês de junho, em dois municípios do estado do Amazonas, Manacapur e São Sebastião Uatumã, localizados às margens do Rio Negro.

Poli realiza diagnóstico da infraestrutura de C&T em Santos

Foram analisados os recursos físicos e humanos das seis maiores instituições

científicas e algumas empresas com vistas às demandas da exploração do pré-sal

As principais universidades e instituições de pesquisa de Santos têm laboratórios bem equipados, pesquisadores qualificados e produção acadêmica elevada. Esta é uma das conclusões preliminares do Plano de Ciência e Tecnologia e Inovação do Parque Tecnológico de Santos, cuja primeira etapa deverá ser concluída este mês. Trata-se de um projeto que vem sendo desenvolvido desde outubro do ano passado, por uma equipe do Departamento de Energia e Automação Elétricas da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), coordenada pelo professor Eduardo Mario Dias. O objetivo é fazer um diagnóstico da infraestrutura científica e tecnológica do município, tendo em vistas as demandas da exploração do petróleo da camada pré-sal e outros grandes projetos da Baixada Santista.

Seminário da Poli e FAU-USP discute novas demandas em projetos de engenharia e arquitetura

Evento vai mostrar como as empresas podem se preparar para atender as novas exigências em sustentabilidade, desempenho e tecnologia da informação

Durante todo o dia, na sexta-feira, dia 15, arquitetos e engenheiros donos de empresas de projetos e seus potenciais clientes, profissionais e estudantes das duas áreas poderão participar do IV Seminário sobre Soluções de Gestão para Empresas de Projeto: a Arquitetura e as Novas Demandas – Sustentabilidade, Desempenho e Tecnologia da Informação em Projetos, que será realizado na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). O evento faz parte do Programa de Desenvolvimento Gerencial para Empresas de Projeto (PDGEP), do Departamento de Engenharia de Construção Civil (PCC) da Escola Politécnica da USP (Poli-USP).

FEBRACE divulga os projetos que participarão da Intel ISEF

Mais uma Intel ISEF (International Science and Engineering Fair) está a caminho e, como todos os anos, a FEBRACE (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia) selecionou 9 projetos para fazer parte da delegação brasileira que representará nosso País na maior feira de ciências e engenharia pré-universitária do mundo. De 8 a 13 de maio de 2011, esses jovens cientistas vão competir com projetos de mais de 50 países, reunidos em Los Angeles, Califórnia.

Palestra na Poli mostra metodologia para gerir conflitos

Com o objetivo de mostrar uma metodologia de administração de conflitos, o professor Luis Henrique Rodrigues, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), de São Leopoldo (RS), proferiu na sexta (18/3), na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), a palestra “Pensamento Sistêmico e Planejamento de Cenários – Potencialidade da abordagem para as Diretrizes da EC-3”. Ele falou durante duas horas para os professores envolvidos no desenvolvimento da Nova Estrutura Curricular da Poli (EC-3).

Aluno da Poli propõe novo método para medir carbonatação, no controle de qualidade do concreto

O trabalho de iniciação científica recebeu o Prêmio Brasil de Engenharia 2010,
na categoria Graduação – área temática Construção Sustentável

Um trabalho de iniciação científica, realizado na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), resultou num novo método para o controle da qualidade do concreto, por meio da análise de imagens. O autor é o aluno Dyetry Amaral de Miranda, do 3º ano do curso de Engenharia Civil da Poli. Intitulado “Monitoração de propriedades físicas de concretos estruturais em envelhecimento acelerado”, o estudo está integrado à dissertação de mestrado da engenheira Daniele Maria Pilla Junqueira Cafange, orientada pela professora Sílvia Maria de Souza Selmo, do Departamento de Engenharia Civil.