Poli-USP elege nova diretoria para gestão que vai de 2022 a 2026

Nesta quarta-feira, dia 8 de dezembro de 2021, o colégio eleitoral confirmou em primeiro turno a chapa composta pelos docentes Reinaldo Giudici, para Diretor, e Silvio Ikuyo Nabeta, para Vice-Diretor.

A Escola Politécnica (Poli) da USP elegeu, nesta quarta-feira, 8 de dezembro de 2021, a nova Diretoria para gestão de 2022 a 2026. O professor Reinaldo Giudici será o novo Diretor da Poli, e Silvio Ikuyo Nabeta, será o Vice-Diretor. O primeiro turno foi realizado das 9h às 12h, e a eleição da chapa única foi confirmada por maioria absoluta no primeiro turno, ou seja, mais de 140 votos “sim” entre os 278 eleitores que compõem o colégio eleitoral. Entre os 241 votantes, a chapa recebeu a confirmação de 208 votos. Os eleitores neste processo são todos os membros da Congregação e dos Conselhos dos Departamentos da Unidade.

O programa de gestão pode ser acessado neste link.

Foi utilizado para a eleição de Diretor e Vice-Diretor o processo eletrônico de votação, estabelecido pela Portaria DIR 2.918/2021, DE 30 DE SETEMBRO DE 2021. O Serviço de Órgãos Colegiados e Concursos encaminhou aos e-mails institucionais dos eleitores o endereço eletrônico do sistema de votação e a senha de acesso com a qual votaram. A homologação de ambos nos respectivos cargos será feita pelo Reitor da USP, professor Vahan Agopyan, nesta quinta-feira, 9 de dezembro.

Conheça a nova diretoria da Poli (2022 a 2026)

Diretor: professor Reinaldo Giudici

O professor Reinaldo Giudici é o novo diretor da Escola Politécnica (Poli) da USP. O mandato dele será de 2022 a 2026. O docente foi o vice-diretor da Poli na gestão 2018 a 2022, a qual contava com a professora Liedi Bernucci como diretora.

Reinaldo Giudici é graduado, mestre e doutor em Engenharia Química pela Poli (1983, 1986 e 1990, respectivamente). Ele se tornou livre-docente na Escola em 1994 e realizou seu estágio de pós-doutorado na McMaster University, no Canadá, entre 1992 e 1993. Desde 1999, é professor titular do Departamento de Engenharia Química (PQI) da Poli-USP.

O docente tem experiência na área de Engenharia Química, principalmente em Reatores Químicos. Ele atuou especialmente em estudos sobre modelagem matemática, simulação e otimização de processos, engenharia de reações químicas, engenharia de reações de polimerização, monitoramento em linha de processos de polimerização. Segundo o Google Acadêmico, o professor possui 2935 citações em artigos e tem índice H de 30.

A partir de 2008, começou a atuar como Editor-Chefe do Brazilian Journal of Chemical Engineering, da Associação Brasileira de Engenharia Química. Atualmente, Giudici é pesquisador PQ-1A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), coordenador de uma área de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e coordenador de área na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Vice-diretor: professor Sílvio Ikuyo Nabeta

O professor Sílvio Ikuyo Nabeta foi eleito o novo vice-diretor da Escola Politécnica (Poli) da USP. Nabeta é professor titular do Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas da Poli-USP desde 1997.

Sílvio Ikuyo Nabeta possui graduação e mestrado em Engenharia Elétrica pela Poli (1983 e 1990, respectivamente) e doutorado em Genie Electrique pelo Institut National Polytechnique de Grenoble, na França (1994).

O docente tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Máquinas Elétricas e Dispositivos de Potência. Ele realiza pesquisas principalmente sobre temas como máquinas elétricas e método dos elementos finitos. No Google Acadêmico, Nabeta é citado em 903 artigos e tem índice H de 17.