Notícias

Semáforos inteligentes

Aplicado em uma via movimentada de São Paulo, sistema melhorou
fluxo do trânsito, reduzindo atrasos e paradas em até 30%.

Um sistema inteligente de ajuste e sincronização de semáforos de tempo fixo, que melhora o fluxo de trânsito, reduzindo atrasos e paradas em até 30%, é o principal resultado da dissertação de mestrado do engenheiro eletrônico Bruno Serno Mugnela, apresentada na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). O trabalho, que foi orientado pelo prof. Marcio Lobo Netto, coordenador do Núcleo de Ciências Cognitivas e Vida Artificial do Laboratório de Sistemas Integrados, gerou o Genpolis. Trata-se de um simulador ou programa de computador que, a partir do número de carros e da velocidade com que eles circulam numa grande avenida ou região de uma cidade, por exemplo, determina os melhores tempos de verde e vermelho de cada sinal, para melhorar a fluidez do tráfego.