Cartilhas do Grupo de Acolhimento e Promoção à Saúde da Poli

O Grupo de Acolhimento e Promoção à Saúde (GAPS) reúne estudantes, funcionários e professores da Escola Politécnica que discutem e propõem iniciativas e projetos que tornem a Poli um ambiente cada vez mais acolhedor e inclusivo para todas as pessoas que frequentam seus espaços físicos ou virtuais.

Uma das primeiras propostas do grupo foi a criação de cartilhas informativas. Esses materiais têm o objetivo de informar e conscientizar as pessoas sobre pautas de diversidade, acessibilidade e saúde mental.

A primeira trata das aulas online, adotadas na Poli em 2020 em decorrência da situação sanitária do País. Ela possui informações e dicas sobre como promover um ambiente agradável e acolhedor para todos os envolvidos nas interações online.

A segunda cartilha trata da pauta de preconceitos estruturais presentes em falas e atitudes que comprometem a integridade e causam desconfortos a algumas pessoas que se identificam como grupos sociais minoritários, principalmente dentro da Escola Politécnica. Nela encontram-se a descrição dessas situações inadequadas, além de explicações e dicas para tornar a Poli um ambiente mais saudável e respeitoso para todas as pessoas.

Nessa última faz-se uso da linguagem neutra, uma variante linguística que atualmente é pauta de estudo em cursos de Linguísticas e Letras, e possui o propósito de tornar a fala e escrita inclusivas para pessoas que não se identificam com a binariedade de gêneros socialmente reconhecidos (feminino e masculino). Assim como todo o conjunto estrutural que caracteriza um povo e uma nação, a linguagem é um fator articulado pelas significativas mudanças históricas, culturais e sociais promovidas pelas populações.

Atenciosamente,

Grupo de Acolhimento e Promoção à Saúde da Poli – USP.