Confira dicas para ter segurança dentro das dependências da Poli

Estacionamento da Poli/USP não tem furtos, roubos e sequestros relâmpago desde abril

A maior parte dos furtos, roubos e sequestros relâmpago acontecidos nos bolsões da Escola Politécnica foram realizados por indivíduos oportunistas que, aproveitando-se da distração de alguns usuários, praticam os delitos. Essa informação se baseia nas estatísticas do setor de segurança e vigilância da Poli, que também demonstram que no interior dos prédios a situação não é diferente. Pessoas misturam-se com os alunos nos grêmios, lanchonetes e até mesmo em salas de aula, passando-se muitas vezes por alunos, e assim subtraindo equipamentos eletrônicos, bolsas e outros itens.

O estacionamento da Poli é constituído de aproximadamente 10.000 vagas, e a segurança é realizada no período das 06h00 as 24h00 de segunda a sexta-feira, com duas equipes de vigilantes terceirizados que trabalham das 06h00 as 15h00 e das 15h00 as 24h00, com 08 homens por período. Segundo dados da seção de vigilância, desde o dia 10 de Abril, não houve ocorrência de furto, roubo ou sequestro relâmpago pelos bolsões de estacionamento.

Com o objetivo de minimizar os riscos para a segurança pessoal da comunidade da Poli, os responsáveis pela segurança na unidade recomendam algumas medidas de prevenção:

 

No carro:

  1. Ao sair do seu carro, verificar o fechamento das portas e vidros, mesmo havendo sistema automático.
  2. Evite deixar seu carro estacionado na rua, principalmente durante a madrugada.
  3. Desligue o carro, retire a chave do contato e tranque o veículo ao estacionar, mesmo que por poucos minutos.
  4. Procure estacionar em ruas iluminadas e próximo a locais vigiados dia e noite.
  5. Não deixe equipamentos eletrônicos, bolsas, roupas e pacotes à vista dentro do carro.
  6. Evite namorar dentro do carro, principalmente à noite e em lugares desertos.
  7. Não dê “caronas” para estranhos.
  8. Não pare para discutir “fechadas” ou “batidinhas”. É comum que ladrões provoquem isso para assaltar.
  9. Procure transitar com vidros fechados, sempre que possível, e com as portas travadas.
  10. Ao parar nos semáforos, fique atento ao retrovisor de seu carro e mantenha o veículo engatado em 1ª marcha e distante do carro da frente o suficiente para arrancar, em caso de emergência.
  11. Cuidado com falsos mecânicos que aparecem para ajudá-lo em locais ermos. Sinalize seu carro e peça apoio para a primeira patrulha policial que cruzar por você.

 

Na sala de aula:

  1. Evite ficar por último na sala de aula, ou ser o último a deixar o estacionamento da universidade.
  2. Procure estacionar em vagas bem iluminadas, próximas a locais onde há circulação de pessoas.
  3. Evite deixar o carro na rua, fora do perímetro da universidade; se não houver uma opção no campus opte por um estacionamento pago.
  4. Não forneça informações sobre sua renda, rotina da família a pessoas que não são de sua confiança.
  5. Evite andar desacompanhado, principalmente em locais de menor movimento.
  6. Jamais reaja à abordagem de um criminoso.

 

Como lidar com assaltantes:

  1. Em caso de roubo, não reaja.
  2. Acredite sempre que a arma do bandido é verdadeira e está carregada.
  3. Evite fazer gestos bruscos, que possam ser confundidos com reação de sua parte.
  4. Procure dialogar o mais cordialmente possível com os marginais, para acalmar os ânimos e amenizar sua fúria. Em geral, estarão mais nervosos que a vítima.
  5. Se não houver reação, a possibilidade de violência contra as vítimas é pequena. Assim, não se desespere.
  6. A Policia Militar possui unidades especializadas em resgate de reféns. Portanto, confie e tenha calma.

Assim que os bandidos deixarem o local, avise a Polícia Militar o mais rápido possível, transmitindo o ocorrido e as características dos mesmos.