Compatibilidade eletromagnética é tema de conferência internacional na Poli-USP

A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) receberá, de 8 a 10 de novembro de 2017, a 3ª edição da conferência internacional sobre compatibilidade eletromagnética, denominada GEMCCON 2017 – Global Electromagnetic Compatibility Conference.

Após as edições realizadas na Austrália e Argentina, a GEMCCON estabeleceu-se como um fórum importante de discussões em Compatibilidade Eletromagnética (CEM), e abordará diversos tópicos, incluindo novas tendências e tecnologias da área.

Como explica o professor da Poli-USP e do IPEN/CNEN-SP, Carlos Sartori, um dos organizadores do evento, com o crescente uso de equipamentos eletroeletrônicos, o problema de interferências eletromagnéticas se acentua. “O controle dessas interferências torna-se importante, por isso a certificação de sistemas e equipamentos passa a ser exigida, dentro de um padrão de normas, para que os níveis de emissões de sinais conduzidos e de campos eletromagnéticos sejam controlados, minimizando as interferências e, até mesmo, eventuais efeitos biológicos no ser humano”, ressalta o docente.

Este evento é apoiado pela IEEE EMC Society e pelo IPEN/CNEN-SP, e contará com a presença de grandes nomes da área de compatibilidade, profissionais que são referência mundial de diversas empresas e instituições internacionais.

As informações gerais e o programa preliminar do evento podem ser encontradas, respectivamente, nos links http://gemccon2017.emcss.org/ e http://gemccon2017.emcss.org/program