Embaixador da Holanda visita o RCGI

Ele conheceu os projetos do Centro e também esteve no Tanque de Provas Numérico da Escola Politécnica da USP.

O Fapesp Shell Research Centre for Gas Innovation (RCGI) recebeu em sua sede, nas dependências da Escola Politécnica da USP, em São Paulo, a visita do embaixador da Holanda, Han Peters, na última quarta-feira (06/12). Ele foi recepcionado pelo professor Julio Meneghini, diretor científico do RCGI, que fez uma apresentação sobre os programas e projetos que o Centro mantém para o embaixador. Segundo ele, o objetivo da visita foi estreitar o relacionamento com universidades holandesas, tanto em projetos já existentes quanto em novas parcerias focadas em áreas que apresentem sinergia para intercâmbio entre pesquisadores.

“A visita foi agendada após conhecermos o embaixador em um evento organizado pela Universidade Técnica de Delft, no Consulado da Holanda no Brasil. Ele se interessou em conhecer o RCGI, inclusive por conta de nossa parceria com a Shell, uma empresa anglo-holandesa. Já estamos planejando, para o início do ano que vem, uma viagem para a Holanda no intuito de fazer algo como um road show sobre o RCGI nas universidades holandesas, para atrair pesquisadores e parceiros”, revela Meneghini.

Também acompanharam a visita ao RCGI o coordenador adjunto de Programas Especiais e Colaborações em Pesquisa da Fapesp, Luiz Nunes de Oliveira, representando o diretor científico da instituição, Carlos Henrique de Brito Cruz, e integrantes do RCGI: Emílio Silva, diretor do Programa de Engenharia; Rita de Brito Alves, vice-diretora do Programa de Físico Química; Karen Mascarenhas, diretora de RH e Liderança; e Suani Teixeira Coelho, vice-diretora do Programa de Políticas de Energia e Economia.

O embaixador fez, ainda, uma visita ao Tanque de Provas Numérico da Escola Politécnica da USP, acompanhado pelo professor Kazuo Nishimoto.

Sobre o RCGI: O RCGI – Fapesp-Shell Research Centre for Gas Innovation realiza pesquisas de classe mundial para desenvolver produtos e processos inovadores, e estudos que viabilizem a expansão do uso do gás no Brasil de forma sustentável. Os pesquisadores do centro atuam em quatro programas: Engenharia, Físico/Química, Políticas de Energia e Economia, e captura e armazenamento de carbono. Sediado na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, na capital paulista, o RCGI é financiado com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e da empresa Shell. Saiba mais: http://www.rcgi.poli.usp.br/pt-br/

**********************

ATENDIMENTO A IMPRENSA
Acadêmica Agência de Comunicação
Angela Trabbold – angela@academica.jor.br“>angela@academica.jor.br
(11) 5549-1863 / 50815237