Escola Politécnica começa a discutir o seu Projeto Acadêmico

Na reunião do  Conselho Técnico Administrativo (CTA) da Escola Politécnica da USP de setembro de 2017, foi criada uma comissão para discussão e proposição de um projeto Acadêmico da Escola Politécnica. O papel desta comissão é coordenar um processo metodologicamente coerente e que tem como premissa o envolvimento de todos os níveis da Escola.

A Comissão é composta pelos Professores Kazuo Nishimoto; Fernando José Barbin Laurindo; João Cyro André; Mauro Zilbovicius; Jaime Simão Sichman e pela funcionária Enaége Dalan Sant’Ana.

No último dia 20 de dezembro, a Comissão fez uma apresentação de um documento propondo as “Diretrizes para Elaboração do Projeto Acadêmico da EPUSP”, para o Diretor, Vice-Diretora e Presidentes das Comissões de Graduação, Pós-Graduação, Pesquisa, Cultura e Extensão, Ciclo Básico e Relações Internacionais, além de um representante do Departamento de Engenharia Mecânica.

Na ocasião, foram apresentados os conceitos que balizaram o trabalho, bem como, o método proposto para a elaboração de um Projeto Acadêmico para a Escola Politécnica que, resumidamente consiste em:

  1. Definição da missão e visão da instituição
  2. Análise do ambiente em que a Escola Politécnica atua (inclui análise retrospectiva, do presente e do futuro), visando entender ameaças e oportunidades, pontos fortes e pontos fracos (análise SWOT)
  3. Estabelecimento da estratégia da Unidade (coerente com a missão e necessária para se chegar à visão)
  4. Definição de seus objetivos estratégicos
  5. Definição dos FCSs (Fatores Críticos de Sucesso)
  6. Definição dos indicadores dos FCSs e suas metas
  7. Definição da lista priorizada de projetos

Propõe-se que sejam construídos Projetos Acadêmicos para a Unidade, para os Departamentos e para os Docentes, que sejam alinhados e inter-relacionados, de modo a criar uma unidade no âmbito da Escola Politécnica, sem deixar de lado as especificidades de cada nível. Para tanto, o trabalho deverá envolver os diversos segmentos da Escola: Diretoria, Comissões Centrais, Departamentos, Programas de Pós-Graduação, ouvindo também representantes da indústria e sociedade.

Para permitir a disseminação e capilarização das ideias formuladas, a partir de fevereiro de 2018, os membros da Comissão devem visitar os Departamentos da Escola para apresentação e discussão do tema. É de fundamental importância o engajamento de todos para que possamos construir um Projeto Acadêmico que possa conduzir a Escola Politécnica para um futuro ainda mais promissor.

A comunidade politécnica será constantemente informada sobre o avanço dos trabalhos.