Grupo de pesquisa da Poli-USP lança livro e laboratório com foco na quarta revolução industrial

Obra coordenada pelo Gaesi traz panorama abrangente das tecnologias 4.0. Também será apresentado o Laboratório de Simulação, Antifraude e Compliance, em parceria com Inmetro e Faculdade de Medicina da USP

O grupo Gestão em Automação em TI (Gaesi), do Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), lança no próximo dia 21 de fevereiro, às 14h, no campus da Cidade Universitária, na capital, o livro “Automação & Sociedade: Quarta Revolução Industrial, um olhar para o Brasil”. Nele, mais de 50 autores de diversas áreas do conhecimento, instituições e empresas discutem as tecnologias 4.0, base dessa nova fase da economia mundial, e os potenciais impactos da sua adoção no Brasil. Durante o lançamento da obra também será apresentada uma nova iniciativa: o Laboratório de Simulação, Antifraude e Compliance, facility que atende à necessidade de aumentar a eficiência e lidar com os desafios impostos por essas novas tecnologias.

O livro foi elaborado de forma coletiva sob a coordenação de Elcio Brito, Maria Lídia Dias e Sergio Luiz Pereira, todos membros do Gaesi, e do professor da Poli-USP Eduardo Mario Dias, que coordena o grupo de pesquisa. “Junto com a criação do livro, surgiu a necessidade, por solicitação do Inmetro, de criar um laboratório antifraude que possibilite a aplicação das tecnologias 4.0 em processos de melhoria de eficiência de áreas nevrálgicas da sociedade brasileira, como o setor fiscal, agronegócio e saúde”, explica Eduardo Mario Dias.

O novo laboratório, que está em fase de projeto, é desenvolvido pelo Gaesi, numa parceria da Poli-USP com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e a Faculdade de Medicina da USP, e será focado em pesquisas relacionadas ao uso das tecnologias 4.0 e melhoria da eficiência dos processos, observando especialmente a necessidade de aferição constante de medições de equipamentos médicos e industriais no contexto da quarta revolução industrial.

Já o livro tem como objetivo básico sistematizar e difundir o conhecimento sobre a quarta revolução industrial. “Essa revolução, que tem em suas bases tecnologias revolucionárias como inteligência artificial, biologia sintética e a internet das coisas, já está promovendo significativos impactos em todos os setores produtivos da sociedade”, destaca. “Dessa forma, a obra pretende contribuir para que a sociedade brasileira esteja mais preparada para aproveitar as grandes oportunidades que a convergência dos mundos físico, biológico e digital está promovendo nas principais economias internacionais”, completa.

A publicação é resultado das atividades da disciplina Automação e Sociedade, oferecida pelo Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas da Poli-USP para alunos de várias unidades da USP. Ela foi criada a partir de um workshop promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa da USP em 2016 sobre a aplicação da internet das coisas nos serviços, agronegócio, saúde e indústria 4.0. “Com o avanço das discussões ficou claro que a quarta revolução industrial estava sendo discutida no Brasil de forma tímida e que as fontes de informações sobre o tema estavam dispersas. Diante deste cenário, surgiu a ideia de sintetizar em um livro os principais conceitos referentes ao tema e as principais conclusões que obtivemos nas discussões durante o curso”, conta Elcio Brito.

Contribuíram para o livro membros de diferentes unidades da USP e de outras universidades, como FEI, Mauá e Mackenzie, e também especialistas de mercado vinculados a empresas mundiais que operam no Brasil, como Volkswagen, SAP, Quantum4, Siemens, Embraer, CAF, PwC, Roche, Dassault Systems, Accenture, SPI, Rockwell Automation, E&Y, People & Strategy. “A diversidade de visão desses autores enriqueceu o conteúdo do livro”, ressalta.

O livro recebeu apoio técnico do Inmetro e foi estruturado em quatro partes. A primeira estabelece as bases para um entendimento geral do contexto macroeconômico e social. A segunda apresenta as principais tecnologias dos mundos físico, digital e biológico, responsáveis por catalisar a quarta revolução industrial. A terceira apresenta potenciais impactos e oportunidades que a Revolução traz para a indústria, na cadeia de fornecimentos, na saúde e nas cidades. A quarta e última parte discute o fenômeno do ponto de vista de impactos para o indivíduo em temos de empregos, educação e oportunidades de geração de mercado de trabalho no Brasil.

Serviço:

Lançamento do livroAutomação & Sociedade: Quarta Revolução Industrial, um olhar para o Brasil” e apresentação do projeto do Laboratório de Simulação, Antifraude e Compliance

Data: 21 de fevereiro de 2018

Horário: das 14h às 18h

Local: Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (Rua da Biblioteca, s/n. USP. Cidade Universitária. Butantã. São Paulo – http://4rvaesbr.com.br/index.php/como-chegar-2/)

Inscrições gratuitas e vagas limitadas:

Tel. Naia Lima: (11) 3274-5100 / e-mail: inscricoes@4rvaesbr.com.br

Mais informações: www.4rvaesbr.com.br

Pré-venda do livro: http://www.brasport.com.br/negocios/tecnologia/automacao-e-sociedade/

*************************

ATENDIMENTO À IMPRENSA

Acadêmica Agência de Comunicação – www.academica.jor.br

Janaína Simões – janaina@academica.jor.br

11+ 5549-1863 / 5081-5238 (Acadêmica)

11+ 3091-5295 (Poli-USP)