Desde 2006, PET Mecatrônica busca introduzir alunos do Ensino Médio ao ambiente universitário

Evento promovido pelo PET mescla aproximação entre o Ensino Médio e a Universidade, formação de líderes e avanço nos métodos de aprendizagem

Entre os dias 15 e 22 de julho de 2018, a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) recebeu a XII Escola Avançada de Engenharia Mecatrônica (EAEM). O evento recepcionou 25 participantes formandos do ensino médio, de escolas públicas e particulares de ensino. Os estudantes, provenientes de diversas partes do país, passaram por um processo seletivo dividido em três etapas, ao longo de três meses. O objetivo principal do programa é apresentar e divulgar o curso de Engenharia Mecatrônica, levando-se especialmente em consideração as questões de representatividade social no qual se insere o Ensino Superior no Brasil e, sobretudo, a Escola Politécnica, de modo a introduzir alunos do último ano do Ensino Médio ao ambiente universitário e assim aproximar os dois universos.

Durante os nove dias de evento, os participantes da EAEM ficam hospedados no alojamento do Centro de Práticas Esportivas da USP (CEPEUSP), e fazem as refeições dentro da Universidade, vivenciando uma experiência intensiva do cotidiano universitário. Os alunos recebem aulas referentes às quatro áreas que compõem a Mecatrônica (Mecânica, Eletrônica, Computação e Controle), ministradas por professores da Poli, e no decorrer da semana, são divididos em grupos para executar um projeto de engenharia.

Segundo o Professor Diolino Santos Filho, tutor responsável pelo PET Mecatrônica, atualmente, a EAEM tornou-se um projeto triplamente estratégico, pois além de ser um meio de divulgação da realidade da USP aos estudantes selecionados, também proporciona a formação de líderes no Programa de Educação Tutorial da Mecatrônica e o desenvolvimento pedagógico dos docentes que participam deste projeto, podendo aprimorar métodos de aprendizagem ativa e aplicá-los em disciplinas introdutórias do curso de Engenharia Mecatrônica.

O Programa de Educação Tutorial (PET) foi desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC) com o intuito de modernizar e melhorar o ensino de graduação e aprimorar a experiência acadêmica de alunos da graduação, direta ou indiretamente envolvidos com o programa. O programa busca atingir as metas por meio da integração entre desenvolvimento de novos conhecimentos, transmissão de conhecimentos e a aplicação de conhecimentos dentro da sociedade. O projeto é alinhado com as diretrizes da Pró-Reitoria de Graduação da USP e do departamento de Engenharia Mecatrônica e Sistemas Mecânicos da Escola Politécnica.