Parceria entre Clark Solutions e Poli proporciona inovações em laboratório

Uma parceria entre a Escola Politécnica (Poli) da USP e a Clark Solutions, empresa da área de separações térmicas e mecânicas, permitiu uma doação da empresa para realizar reformas de um laboratório didático na Poli, e a modernização de equipamentos. O professor José Luis de Paiva, do Departamento de Engenharia Química da Poli, explica que a modernização do espaço físico e dos atuais experimentos do Laboratório Didático de Fenômenos de Transporte contribui com a promoção da diversificação destes e o estabelecimento de um ambiente de criação e inovação dentro da universidade. “O aprendizado de ciências e engenharia é um processo que, para a maioria dos alunos, demanda uma interação com os fenômenos naturais para percepção de conceitos fundamentais. Assim, é nesse cenário que o laboratório oriundo da parceria entra em cena”. 

O primeiro resultado da parceria entre Clark e Poli foi a reforma do espaço físico de um laboratório didático de 180 m2, localizado no prédio Semi-industrial, no campus da USP de São Paulo.  Nesta etapa, estão sendo feitas obras de infraestrutura, como reforma do piso, sistema de drenagem, pintura, substituição da rede elétrica e do sistema de iluminação. 

Num segundo momento, será realizada a modernização dos experimentos já realizados, além da implementação de novos projetos em escala laboratorial e piloto. A colaboração também envolve a criação de um espaço para um laboratório de inovação, de cunho didático, para pesquisa em engenharia, utilizando equipamentos multipropósito.

“Este laboratório didático é imprescindível no processo de aprendizagem da engenharia em dois níveis. O primeiro é por meio da interação com fenômenos físicos e químicos apresentados de forma simples e lúdica, gerando a percepção dos conceitos fundamentais das ciências da engenharia. Numa etapa de formação mais avançada, atua na análise de operações em engenharia, proporcionando a aplicação dos fundamentos da engenharia em  processos industriais”, explica Paiva, relacionando o uso do laboratório com experimentos e ensino em pequena e grande escala. 

O laboratório em questão é dedicado essencialmente às atividades da graduação, sendo utilizado em disciplinas fundamentais nas áreas de Fenômenos de Transportes, Operações Unitárias e Reatores e Trabalhos de Conclusão de Curso, atendendo aos cursos de Engenharia Química, Engenharia de Materiais, Engenharia de Minas e Engenharia Metalúrgica. A Clark Solutions aponta que o objetivo da parceria é estimular a interação dos alunos com novos instrumentos de trabalho, em um ambiente totalmente renovado. A primeira etapa, de reforma estrutural, já está sendo finalizada. 

Site do departamento aqui. 

Saiba mais:

O curso de engenharia química na Poli: vagas anuais oferecidas, formato quadrimestral, etc.