Poli Cidadã premia projetos da 19º Febrace que utilizam tecnologia para solucionar demandas sociais

Todos os anos o Programa Poli Cidadã da Escola Politécnica (Poli)  da USP realiza uma premiação para trabalhos realizados na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE). Neste ano de 2021, em que a 19ª edição do evento foi realizada inteiramente online, o Programa manteve a avaliação e reconhecimento de projetos que unem demandas sociais e tecnologia, com o prêmio “Poli Cidadã de Tecnologia e Desenvolvimento Social”.

O projeto premiado foi o “Estratégia para visualização de grandes massas de dados para medicina individualizada com foco na doença de Parkinson” (ENG 161), de autoria de Wangley Soares Martins, e orientado pelo professor Fábio Henrique Monteiro Oliveira.  Dois projetos ganharam menção honrosa: ENG 152 – PACOR (o mundo colorido não visto) de autoria de Maytê Braz Mello de Andrade e orientado pelos professores Érica Fátima Inácio e Marcelo Lauer; ENG 112 – (M.E2.L. V2: conscientização energética para a comunidade, de autoria de Gabriela Orenbuch Gomes e Daniel Halfim Dal Prá , e orientado pelo professor Willian Vieira de Abreu.

Sobre o Poli Cidadã – Implantado em 2004, o Programa Poli Cidadã tem como objetivo estimular alunos e professores a realizar projetos sociais e estreitar a relação da Universidade com a sociedade. Saiba mais.