Especialistas discutem reúso de água potável como estratégia para escassez em evento da Poli-USP

No dia 23 de março de 2021, na semana em que se celebra o Dia Mundial da Água, a Escola Politécnica (Poli) da USP organizou um evento para discutir reuso e escassez da água com especialistas na área  e lançar o livro “Reúso de Água Potável como Estratégia para a Escassez”, editado por Pedro Caetano Sanches Mancuso, José Carlos Mierzwa e Alexandra Hespanhol, que traz as mais recentes informações sobre as técnicas em reúso de água, em homenagem ao professor Ivanildo Hespanhol, um dos maiores pioneiros do tema no Brasil e um visionário da sua época. 

O Reitor da USP e professor da Poli, Vahan Agopyan, parabenizou a iniciativa da Escola em realizar um evento científico em homenagem a uma figura tão importante como Ivanildo. “A evolução se faz de idealistas e das pessoas que sonham”. Liedi Bernucci, diretora da Poli e engenheira, enfatizou a importância do tema discutido no livro para o melhoramento da gestão  e saneamento da água, e consequentemente uma melhor qualidade de vida, saúde pública e preservação ambiental, destacando que a “Água é um patrimônio mundial”.  

O professor do Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental da Poli, José Carlos Mierzwa, um dos autores do livro e organizador do evento, contou sobre sua vivência ao lado do homenageado do dia: “O professor Ivanildo foi um figura importante, nacionalmente e internacionalmente, no tema de escassez e reúso de água potável”. Pedro Caetano Mancuso, autor do livro e professor da Faculdade de Saúde Pública da USP, contou de onde partiu a iniciativa de fazer o livro: “A ideia de fazer a obra  surgiu com o objetivo de tratar sobre o reúso da água potável  e para homenagear o professor Ivanildo”.


O evento também contou  as participações de  Ricardo Toledo Silva,  diretor adjunto da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), que aproveitou o momento para falar sobre as regulações de reúso da água como normas que garantem a integridade e o uso prudente desta técnica e salientou a honra em participar de uma homenagem ao professor, e classificou o  livro como “um patrimônio científico vivo”. Alexandra Espanhol, filha do professor Ivanildo, muito emocionada agradeceu a homenagem ao seu pai. 


Para falar sobre Segurança Hídrica e Reúso de Água, tópico proposto no evento, Patrícia Iglesias, diretora-Presidente da CETESB, Monica Ferreira do Amaral Porto, diretora de Sistemas Regionais da SABESP e professora da Poli, Sandra Akemi Shimada Kishi, Procuradora regional  da República da 3ª Região e Stela Goldenstein, coordenadora do 2030 Water Resources Group para o Brasil, abordaram a importância do  gerenciamento dos recursos hídricos do Brasil e da necessidade de fomento e conscientização do reúso da água potável. 

Para fechar com o evento, Reinaldo Giudici, vice-diretor da Poli, relembrou que no dia 22 de março foi celebrado o Dia Mundial da Água. “Dada a importância deste bem, pra água não existe substituto. Então os temas retratados agregam e muito na área de reúso da água potável”, finalizou o Giudici. 


Participações 

Abertura 

Vahan Agopyan – Magnífico Reitor da Universidade de São Paulo;

Liedi Légi Bariani Bernucci – Diretora da Escola Politécnica da USP.

Lançamento do livro Reúso de Água Potável como Estratégia para Escassez

Ricardo Toledo Silva – Diretor Adjunto da Divisão de Saneamento, Departamento de

Infraestrutura da FIESP;

Pedro Caetano Sanches Mancuso – Professor da Faculdade de Saúde Pública da USP;

José Carlos Mierzwa – Professor da Escola Politécnica da USP;

Alexandra Hespanhol – Filha do Professor Ivanildo Hespanhol;

Luiz Santoro – Secretário da CETESB. 

Segurança Hídrica e Reúso de Água

Patrícia Iglesias – Diretora-Presidente da CETESB; 

Monica Ferreira do Amaral Porto – Diretora de Sistemas Regionais da SABESP; 

Sandra Akemi Shimada Kishi – Procuradora Geral da República da 3ª Região;

Stela Goldenstein – Coordenadora do 2030 Water Resources Group para o Brasil; 

Encerramento

Liedi Légi Bariani Bernucci – Diretora da Escola Politécnica da USP;

Reinaldo Giudici – Vice-diretor da Escola Politécnica da USP.