Ingressantes, confiram os auxílios oferecidos pela USP para aumentar a permanência estudantil

Com o intuito de apresentar aos calouros os auxílios que a USP disponibiliza para fomentar a permanência estudantil, os docentes que compõem a Comissão de Graduação da Escola Politécnica (Poli) da USP realizaram um bate-papo com o professor Gerson Tomanari, presidente da Superintendência de Assistência Social (SAS) da USP.

Para os alunos da Graduação, a USP possui o Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil (PAPFE) que oferece Auxílios Moradia, Alimentação e Livros para os alunos em situação de vulnerabilidade social. No Auxílio Moradia, os estudantes que vêm de outras cidades recebem R$400,00 para ajudar nas despesas com habitação. O Auxílio Alimentação isenta os discentes do PAPFE de pagarem pelas refeições dos bandejões (Restaurantes Universitários) da USP. No Auxílio Livros, os estudantes ganham R$150,00 nos meses letivos para utilizarem na aquisição de livros na livraria da USP. Além desses, a USP também disponibiliza o Apoio Moradia, que é o oferecimento de acomodações no Conjunto Residencial da USP (Crusp).

A USP também possui o Suporte ao Estudante Ingressante (SEI), programa que oferece aos calouros os auxílios disponibilizados pelo PAPFE durante os três primeiros meses do curso para ajudar o aluno até a sua aprovação no programa. Em razão do adiamento do início do ano letivo de 2021, a USP não disponibilizou o SEI aos ingressantes deste ano.

Além disso, o SAS é responsável pelos bandejões, creches e programas sociais desenvolvidos pela USP. Para conhecer mais sobre as funções do SAS e os auxílios aos alunos, assista ao bate-papo:

https://drive.google.com/file/d/1NxwDMhIjWobC8k8iWx8aXFEnlQYaS3Qa/view?usp=sharing